Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Satisfazendo vontade de um casado Inexperiente

Olá pessoal essa história que vou contar é verídica e aconteceu comigo, em setembro de 2014 um cara entrou em contato comigo aqui pelo site, vou chamar ele de Antonio. Eu sou do Oeste do Paraná e ele Interior de Minas divisa com São Paulo, ele me abordou no site dizendo que é casado e não tem experiência com homens apesar de medos e receios tem muita vontade de experimentar, no início nossa comunicação limitou se a troca de mensagem pelo site, com tempo fui ganhando confiança de Antonio e então começamos a nos comunicar pelo Skype, Antonio é um Sr. branco de 56 anos 1,70m e 63kg um cara normal magro com situação financeira boa, eu sou br. 1,73 e 74kg.

O tempo foi passando e nós continuamos a conversar agora além do skype, whatsapp e telefone mas a situação de haver um encontro entre a gente não aparecia, Antonio é muito família e religioso não costuma viajar sozinho, foi quando apesar de ainda estarmos trocando msg todos os dias eu já tinha perdido a esperança de um dia conhecer pessoalmente ainda mais que moramos a quase a mil km de distãncia. A luz do fim do túnel acendeu no feriadão da Páscoa em abril agora de 2015, eu disse a ele que poderia viajar para cidade dele, incrível que ele topou na hora. O dia do encontro, no dia e na hora combinada Antonio veio me busca na Rodoviária Antonio com aquele jeitinho de minerinho tímido me comprimentou me abraçou, perguntei a ele onde eu iria me hospedar pasmem ele me disse em casa nossa!!! Nessa hora eu gelei apesar de eu ter saído com alguns casados, mas sei que eles nunca te levam a suas casas quando suas esposas estão em casa, mas tudo bem.

Fiquei verde quando cheguei a casa dele pois a esposa dele estava lá e me deu boas vindas de boa e ela trabalha em casa tem um consultório ela disse para eu ficar a vontade, pois o Antonio sabe o que fazer como era quinta feira e ela trabalhava, mas ele não, a vontade dele era tanto que mal subimos ele já tascou um beijo ali na sala, mas eu estava tão tenso que pedi para ele pegar leve, pois a esposa dele estava alí embaixo. Eu não sei se a vontade dele que era grande ou ele não tinha noção do perigo, depois saimos para conhecer a cidade de carro e Antonio bem safadinho colocou a mão dele na minha perna e no meu pau que ainda estava mole mas o dele já estava em ponto de bala. Algumas vezes na semana a esposa de Antonio vai dormir na casa dos pais dela, e nesse dia era o dia, já retornamos de tardezinha para casa, então jantamos e depois Antonio foi levar a esposa nos pais dela e retornou doidinho para casa, ali na sala mesmo começamos a beijar... tirei a camisa dele ele tem um corpinho branquinho e lisinho nem parece ter os 56 anos lambi os mamilos e ele foi a loucura, fui descendo tirei a calça dele deixei ele de cueca e eu tb fiquei só de cueca, comecei a alisar o o pau dele que estava em ponto de bala apesar de pequeno mas era bem duro, comecei lambendo a barriga e desci até o pau dele ele quase foi a loucura ele disse que ninguém havia chupado, gostou tanto que gozou na minha boca, então demos um tempo.

Depois do sofá fomos para a cama beijando acariciando, botei uma camisinha no meu pau dae ele me chupou gostoso ele queria muito dar para mim, primeiro comecei fazendo uma massagem com dedo no cuzinho dele percebi que realmente ele nunca havia dado ainda, passei bastante lubrificante para comer comecei a colocar meu pau no início ele estava até gostando mas logo disse que estava começando a doer então eu parei não quis forçar dae continuamos a beijar e ele me punhetiou beijando até gozar e eu fiz o mesmo com ele, depois disso fomos tomar banho e dormir.

No dia seguinte eu fui para São Paulo, mas nós trocamos msg todos os dias ainda, ou seja em breve retornarei para amar esse coroa tão amável e gostoso.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/cacadordecoroas



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente