Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Gozou em cinco minutos

Então não vou me identificar, mais sou gordinho e alto, por isso não aparento gordura fica bem distribuída, e uma bunda gostosa. Bom vamos ao que interessa, na época de escola no último ano do ensino médio acahava um menino super gato, era o mais popular e todas a meninas queriam, ele era alto definido, barriga tanquinho, era o muleque que chamamos de top. Brincávamos muito, zoávamos bastante ele é hetero, e eu também só que as vezes tenho uma queda por uma transa com homem, quero a boa pegada.

Certo dia estava vindo para casa, encontro ele no ônibus, já acabamos o ensino médio e estamos todos em faculdade, ai ele me cumprimentou e começamos a conversar, até que como ele mora perto da minha casa, íamos descer no ponto final, ai comecou o assunto de namorada, falei que não estava namorando, e perguntei pra ele, logo respondendo que sim, até que veio uma indireta, mais a bunda dela não é igual a sua, logo espantei ele falando isso, sempre fui liberal, meus amigos e amigas tem a liberdade de passar a mão em mim eu não ligo, voltando ao assunto, ele me dizendo que já havia pegado na minha bunda e que nunca mais esqueceu, e logo falo, sempre tive a vontade de ficar com você, ai eu olhando pra ele com aquela boca gostosa, eu logo não perdi tempo falei que também, como estávamos no último banco nos beijamos, boca deliciosa, ele pegou na minha bunda na minha perna, me alisando, não perdi tempo e passei a mão nele também, e cheguei na parte que eu queria, a pica, ele na escola ele coçava mais quando me via ele coçava de um jeito que marcasse pra eu realmente vê o tamanho, mais nessa dia eu tirei a conclusão, enfiei minha mão dentro da calça dele, ele estava de calça social, afrouxei o cinto, e enfie a mão lá dentro, logo dele ouvi um gemidinho, foi muito tesão, depois paramos de beijar fui até a gente descer alisando ele e ele passando a mão na minhas coxas e apertando, e que aperto, como praticava esporte ele era forte.

Na hora de descer ele vira e fala, tenho que gozar agora, mais em você to com muito tesao, ai lembrei que tinha posto abandonado, fomos direto pra lá, mais beijos, até que abaixei as calças dele, pulou aquela piroca ja meio dura e meio mole com aquele molhadinho gostoso, cai de boca, não era grande era a medida perfeita, aquele pau com aquela cabeça rosada apontando pra frente aquelas bolas deliciosas, ai ele me levantou e falo para, senão eu vou gozar, que boca é essa, ai ele falou vou te comer quero gozar no seu cú, eu peguei e falei, nunca dei pra ninguém, ele confia em mim, vou fazer devagarinho, ele foi pondo a cabeça, tirava cuspia no pau e colocava de novo a cabeça, até que ele me abraçou com força por trás e colocou e falou calma, já entrou, relaxa na pica que você queria, e começou a rebolar com ela no meu cu, ele tava com tanto tesão que depois de 5 minutos, ele falo vou gozar, e gozou muito, mais era tanto tesão que ele deixou o pau dentro e continuou, ele gozou três vezes, o novinho era foda, ai ele foi super carinhoso me beijou e me ajudou a me vestir, e me beijou mais passando a mão no meu cu e eu com a mão no pau dele.

Saindo do posto ele vira e fala foi inesqucível, me liga amanhã estarei sozinho em casa, lá vamos fazer mais.... Aí liguei e continua porque é outra história, na qual tinha um amigo dele que também queria me comer e eu queria dar pra ele também kkkkkkk... Até a próxima bjs na cabeça do pau de vocês....

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/sim



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

24/03/2016 00:42:26 - Agora estou curioso para saber do outro dia rsrs amei o conto .

22/03/2016 15:35:06 - muito bom

20/03/2016 02:09:26 - Delícia seu conto.

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente