Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Gringo fudeu meu cu

Meu pai recebeu um executivo francês em casa por alguns dias. Um homem alto, magro, mas um pouco forte, muito atraente, aparentemente peludo. Após alguns dias, um irmão dele chegou da França e passou na minha casa. Nessa manhã, meu pai saiu antes, após termos tomado café.

Na sala, eu estava sentado num sofá e o irmão que havia chegado num outro. De pé, estava o francês, vestido de camiseta branca justa e calça de moletom. Dava pra ver um pouco o volume do pau dele. Estávamos conversando e, de repente, ele diz que praticamente todo francês é bissexual. Achei bem interessante e disse a ele: não é só francês, brasileiro também. Eu sou bi! Ele ficou me olhando por um tempo.

Nessa hora meu pau já tava duro. Dai, ele sentou do meu lado no sofá e, após algum tempo, comecei a passar a não no pau dele por cima da calça. Ele sorria e me disse que o irmão dele também iria brincar com a gente. Olhei para o irmão dele, era mais novo e mais forte, cara de safado. Tirei o pau do francês do moletom e comecei a acariciar, deixando ele bem duro na minha mão, massageie as bolas dele e fui vendo aquelas coxas fortes e peludas. Ainda de camiseta, ele tirou toda a calça e sentado no sofá, recebeu minha mamada, devagar.

Eu chupando o pau dele e ele com a mão na minha cabeça, pegava na minha orelha e, às vezes, dava os dedos para eu lamber. O irmão dele levantou, me pegou pela cintura e me deixou empinado em frente ao sofá. Tirou minha roupa e me deixou peladinho. Enquanto eu mamava o francês, o irmão começou a bater na minha bunda e passar o pau dele por ela. Dava para sentir que era grosso e cheio de nervos.

Nesse momento, o francês já queria me fazer engolir tudo, segurava minha cabeça com força e batia o pau na minha cara as vezes. Ele tirou a camiseta, era peludo mesmo, cai de boca nos seus mamilos durinhos, num peitoral bem definido. Nessa hora senti o irmão abrindo meu cuzinho e metendo a boca nele. Tinha um pouco de barba e era uma delícia sentir aquilo. A língua dele era quente e ele punha bem dentro do meu cu.

As vezes, socava com o dedo e eu apertava. Tava me sentindo uma puta na mão daqueles gringos. Virei e o francês, segurando minha cintura, me fez sentar no pau dele. Bem devagar, ele foi enfiando no meu cu, primeiro só a cabeça. Ele punha e tirava. Eu comecei a gemer bem gostoso, ele tava num puta tesao. Sentia o pau dele latejar. O irmão dele, de pé na minha frente, todo pelado é muito gostoso, me deu o pau dele na boca e começou a foder como se fosse uma buceta. O francês começou a enfiar tudo e eu já sentava até o fim e cavalgava no pau dele.

O irmão dele batia com o pau na minha cara e me fazia chupar o saco dele. Era uma delícia o cheiro do pau dele. Dai me botaram de quatro no sofá. O francês veio na minha frente e disse que iria me encher de porra. O pau dele explodia de grosso, mamei como uma puta, enquanto o irmão dele subiu em mim e folia como uma cadela. O francês gozou fartamente, muito na minha boca. Foi uma gozada demorada, deliciosa.

O irmão dele sentou no sofá, me pôs no colo dele, de frente pra ele, com a piroca inteira no meu cu, me abraçava e me beijava, dizia algumas palavras em francês. Foi aumentando a socada e quando vi ele tava me arregacando. Apertava meus mamilos, até que pegou no meu pau e pediu para gozarmos juntos. Assim foi, jorrei porra, enquanto ele lambuzou meu cu.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/Grulfm



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

05/09/2016 00:18:54 - Também ADORO dar pra um enquanto chupo outro. Também curto uma DP

03/09/2016 23:53:39 - Nunca fiz a tres, mas tenho vontade, um dia gd. encontrar alguem legal vou me arriscar. kkkk belo conto.

31/08/2016 22:37:50 - HUMM, DELICIA...ADORARIA TRANSAR A TRES...

31/08/2016 13:23:58 - delicia queria ter uma trepada assim tbm

31/08/2016 03:03:18 - conto lindo, muito bonito e muita tesaoqueria os franceses para mim, ab.

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente