Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Na clínica médica

Tenho 18 anos, 1,60 e bunda grande. Em janeiro desse ano fui acompanhar meu pai numa clínica onde ele faria uma mini cirurgia de umas 3 horas. Eu decidi esperar lá mesmo para não ter que gastar gasolina. Meu pai foi chamado e eu fiquei na recepção assistindo televisão e olhando o celular. Nessa clínica tinha dois seguranças, um mais velho e outro novo bem gostoso. Como tenho fetiche por homens de uniforme fiquei admirando aquela beldade. O cara parecia ter uns 30 anos, musculoso e sem alianças. Ele por acaso reparou que eu estava o secando muito e então começou a me encarar também.

Eu continuei a encarar e ele então começou a passar a mão no pau e na região da virilha para dar um sinal que tinha percebido. A clínica estava um pouco vazia, portanto ninguém estava percebendo. Ele apontou para o banheiro com os olhos como se me chamasse pra ir lá. Eu fui em direção ao banheiro e ele também.

O banheiro ficava em um corredor com muitas salas e ele então me chamou para entrar em uma que estava vazia. Eu obedeci e quando entramos deu para ver o volume pulando da calça dele, foi quando ele me agarrou e começamos a nos beijar loucamente. Ele apertava minha bunda com uma força que me dava muito tesão, foi quando eu abaixei e tirei aquele pau gigante e babado, era grosso e parecia ter uns 20 cm.

Ele gemia tanto e eu engolia cada vez mais, foi quando ele gozou na minha boca e me fez engolir tudo. Depois de gozar ele me colocou de quatro e começou a lamber meu cu, eu delirava e queria aquela rola dentro de mim. Ele lubrificou bem, colocou a camisinha que estava em seu bolso e me penetrou. No começou doeu muito, mas ele beijava meu pescoço e me acalmava. De repente eu nem sentia mais dor, só prazer. Ele bombeava tão forte que eu gozei sem encostar no pau. Aí ele tirou a camisinha e gozou de novo. Quando nos demos conta já tinha passado uns 40 minutos. Ele se arrumou, pegou meu telefone e voltou pro trabalho. Eu me arrumei e voltei pra recepção. Foram longas horas um encarando o outro e lembrando do sexo maravilhoso.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

22/10/2016 12:45:05 - me deixou de pau duro

16/08/2016 22:07:09 - Amei o conto,queria saber se vc ainda mantpém contato com ese segurança,parabéns,aproveite tudo que for bom

12/08/2016 16:56:23 - Delícia amigo sou militar roludo e só trampo sem cuecas para mostrar meu pau na calça apertada

05/08/2016 18:26:04 - Nossa que segurança gostoso, sorte sua né amigo. abraços.. muito bom seu conto.

05/08/2016 18:25:28 - Nossa que segurança gostoso, sorte sua né amigo. abraços.. muito bom seu conto.

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente