Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Encontro na saida de faculdade

Ao sair da aula na faculdade que fica dentro de um shopping encontrei meu amigo coroa com mais dois amigos também sessentões, tomando um café na sala de recepção da faculdade. Não tinha ninguém atendendo eles e sem fazer barulho cheguei por trás do meu amigo e ouvi eles comentando e rindo de alguma coisa que meu amigo estava comentando.

Ao me chegar mais perto meu amigo sem nenhuma cerimônia, falou que eu não morreria tão cedo, pois eles estavam falando de mim, ai retruquei que era coisa boa, pois minha orelha não estava quente. Eles riram e um deles pegou um pouco de café e me serviu. Ficamos mais um pouco por ali e meu amigo perguntou aos dois coroas o que eles tinham achado Eu perguntei sobre o quê e o mais bonitão e possuidor de um belo sorriso, levantou a camisa e mostrou seu pau duro dentro da calça dizendo que ficou assim desde quando eu cheguei.

Meu amigo falou que eles queriam fazer uma boa brincadeira comigo e vieram me ver pessoalmente e que se eles gostassem iria me convidar para uma saída rápida da faculdade. De início fiquei puto, com meu amigo, mas como só amigo apronta essas e outras conosco, deixei rolar até onde iria chegar, saímos e entramos num carrão, com meu amigo dirigindo e eu entrei ao lado no carona, com seus dois amigos no banco de trás.

Quando saímos do shopping O bonitão pediu para eu ir para o banco de trás junto com eles, passei entre os bancos e ao sentar entre eles o mais idoso já estava com seu pau pequeno mais muito grosso bem duro, segurei e fui me colocando de lado para chupar ele com bastante carinho, se tratava de um senhor idoso, rsrs.

Ele segurava minha cabeça e forçava a sua cadência para eu não ir mais longe que o autorizado, o bonitão então ficou colocando sua mão na minha bunda por cima da calça e apertava com vontade, eu ainda dava umas empinadinhas para deixa-lo mais tesudo, o que o fez soltar meu cinto e afrouxar minha calça e sua mão adentrar minha cueca e seus dedos acharem meu cú, ainda tentei falar que estava suado e que precisaria de uma lavada, ele nem se incomodou e cravou um dedo no meu rabo, fomos até o seu apartamento com ele enterrando o dedo no meu rabo e eu chupando a pica do velhinho.

Ao entramos o bonitão me mostrou o banheiro e falou para ficar bem a vontade, que a casa era minha, fui pro banho e por sinal uma delícia e retornei a sala peladinho achando que iria abafar, mas quando cheguei, encontrei os três se chupando todos pelados e com os paus duros e para meu delírio o bonitão tinha uma pica linda, média, grossa e bem cheia de veias levemente entortada para esquerda, olhou para mim e me chamou com uma das mãos e me segurando pelo braço me direcionou ao seu mastro, fiquei beijando bem devagar e passando a língua por todo o corpo duro do seu pau, rebolando o rabo na cara do meu amigo e do idoso que não parava de tentar acertar o dedo no meu cú, recebia alguns tapinhas e quando me dediquei a dar um trato melhor na pica do bonitão deixei de rebolar e o idoso em fim acertou seu dedo no meu rabo, fiquei chupando um pau delicioso e recebendo dois dedos no cú, um de cada coroa, segurei nas nádegas do bonitão e tentei enterrar todo seu pau na minha boca, e com ele todo dentro passei a língua no seu saco, ele foi ao céus e eu quase engasguei, ele segurou minha cabeça e pediu para eu ficar na mesa posição que estava só que agora mamando o idoso para ele meter no meu rabo.

Levei ele pro seu quarto, e os outros vieram atrás pra ver e sentir eu mamando a pica do idoso e segurando a pica do meu amigo, deitei na cama e levantei o rabo para ele e o idoso sentou a minha frente para eu mamar bem gostoso. Deixei o bonitão fazer seu trabalho e me dediquei ao idoso para não morder ou arranhar seu pau gostosinho, mas depois de sentir os dedos, línguas no meu rabo estava chupando o saco do idoso quando recebi de uma só vez a pica do bonitão, quase arranquei os ovos do idoso com uma dentada.

Tirei seu saco da boca e fechei os olhos para me concentrar só na encravada que estava recebendo, quando senti seu saco batendo na minha bunda eu abri os olhos e recebi um jato e depois outro de porra na cara, era o meu amigo e o idoso que estavam tocando uma punheta na minha frente, chegou até entrar no meu nariz, não podia nem mi limpar com aquela vara enterrada e dilatando dentro de minha bunda, então iniciei minha mastigada anal para deixar o clima mais tenso, o bonitão segurou minhas ancas e iniciou uma enterrada atrás da outra cada vez mais rápido até retirar todo ele de dentro de mim e como uma mangueira descontrolada espirrar leite para todos os lados. Ele quase que nem precisou tocar no meu pau para chupar que eu já estava gozando na sua mão de tanto tesão.

Quando meu amigo falou que eu gostava de ir ao seu encontro usando calcinha então os dois ficaram doidos e já marcamos outra brincadeira bem sacana, mas até agora não foi possível, assim que acontecer eu vou contar e postar as fotos.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/decalcinharj



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

02/10/2016 21:58:16 - safadinho.. delicia de conto.

29/09/2016 18:59:02 - Ri muito com o "estava chupando o saco do idoso quando recebi de uma só vez a pica do bonitão, quase arranquei os ovos do idoso com uma dentada." kkkkkkkkkkk

29/09/2016 01:19:12 - nossa seria meu sonho!?

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente