Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Perdendo virgindade com amigo padre

Tinha por volta dos 40 anos e estava mudando para o interior de SP numa cidade de uns 300 mil habitantes. Conheci meu amigo padre numa viagem de ônibus vindo de SP, ambos estavam mudando pra cidade ele indo para um seminário e eu para uma fabrica.

Era mês de abril. Família só mudaria no fim do ano após ano letivo. Ficamos muito amigos e eu toda semana ia visita-lo no seminário e ele me ensinava pintura em porcelana ja que ele era muito bom. A gente conversava sobre tudo eu me abria pra ele sobre minha vida e ele também ja tínhamos um lance de confiança muito grande. Ele me disse que entrou para igreja ja com quase 30 anos e um dia perguntei porque ele tinha decidido seguir carreira na igreja e se ele não sentia tesao como fazia.

Ele me disse que sempre curtiu homens antes de entrar pra igreja e eu disse que nunca tinha transado com homens so brincadeira de jovem que todos ja fizeram. Ai nossa amizade começou a ir mais para o lado sexual eu por respeito nunca perguntei se ele transava mesmo depois de ser padre. Um dia ele me disse que quando tinha tesao ele batia punheta e as vezes via filmes pornôs.

Teve um dia que fui visita-lo e tava chovendo muito e ele me convidou pra dormir la no seminário ja que o quanto era amplo e tinha tudo era uma suíte. Eu disse que não tinha levado nada nem pijama nem escova de dente no que ele retrucou dizendo que ele tinha escova reserva e que eu poderia dormir de cueca e tinha um colchonete. Eu aceitei fui tomar um banho e ja sai de cueca do banheiro e percebi que ele também estava de cueca e falou que iria ficar de cueca pra me deixar mais a vontade.

Ele me disse que ia por um filme pra gente ver e pegou uma fita cassete sem identificação e era um filme pornô, rs... Ele disse: ah desculpe você quer ver ou prefere que troque? No que eu respondi pode deixar sem problema e era uma fita de filme pornô de homens. Eu fiquei meio sem jeito mas conforme o filme foi rodando comecei a sentir tesao em ver dois homens. Ai percebi que ele tava gostando também e ele me perguntou se eu me importaria se ele tirasse a cueca pois ele sentia tesao em ver e gostava de mexer no pau enquanto via e eu disse fica a vontade o quanto eh seu, rs.. Quando ele tirou eu tomei um susto ele tinha um pau maior que os caras do filme com certeza mais de 20 cm e grosso eu só tinha visto paus daquele tamanho em filmes pornôs de negros.

Quanto mais ele mexia no pau mais ficava duro e logo ele me disse fica a vontade ja percebi que você está de pau duro também e deu um sorriso. Eu ainda estava meio constrangido mas tirei e fiquei mexendo no meu pau que logo tava duro também mas era bem menor que o dele.eu tava sentado na cama dele e ele tava numa cadeira confortável ele se levantou e se sentou do meu lado ai não pediu licença. Em seguida olhou pra mim e perguntou se eu ja tinha pegado num pau e eu disse que ja mas era jovem de 15 anos.

Ai ele perguntou quer pegar o meu? Perguntou e ja pegou minha mão e colocou no pau dele.Eu meio constrangido peguei mas tava gostando e não demorou fiquei a vontade pois tava gostoso ficar punhetando aquele pauzão. Ai ele perguntou se eu queria brincar e se eu sentia vontade de chupar o pau dele depois de ver o filme e eu disse que sim que o filme tinha me dado tesao. Ai ele se deitou na cama e disse então vem me chupar. Eu meio sem jeito comecei e logo comecei a gostar o filme tinha me excitado muito. Ai ele perguntou se eu deixaria ele me comer. Na hora eu parei e disse nossa nunca dei e tenho medo.

Ele disse deixa eu conduzir se vc não gostar a gente para e fica só na pegação. Ele disse deita na cama de bruços e eu obedeci, quando ele viu minha bunda empinada ele disse nossa que tesao de bunda grande lisinha e branquinha parece ate de mulher e perguntou se nunca tinham me cantado. Eu disse que sim mas nunca dei chance. Ai ele começou a morder e lamber minha bunda. Aquilo me deixou com mais tesao ainda e ele percebeu. Quando ele começou a lamber e enfiar a língua no meu cu ai delirei comecei a gemer e empinar a bunda foi meio inconsciente e percebi que eu era viado e não sabia ou me iludia.

Ai depois de molhar bem meu cuzinho ele me disse vou me sentar na poltrona e vc vem. Ele se sentou na poltrona com pau durasso pra cima pegou um tubo de vaselina e lambuzou o pau inteiro. Eu fui sentar na rola dele ele afastava bem minhas grande nádegas e falava vai rebolando que a pica entra mais fácil e eu obedeci. Varias vezes o pau entrava a cabecinha e eu tirava de dor ai teve uma hora que entrou mais ele segurou minha bunda e disse para segura que vai parar de doer fiquei parado ate parar e parou mesmo ai ele foi bombando devagar de baixo pra cima e dava tapinhas na minha bunda e me mandava rebolar e eu obedecia.

Quando percebi ele ja tinha enterrado a rola inteira e ja não sentia mais dor a única coisa que nunca tinha sentido meu pau tão duro como naquela situação ai eu comecei a cavalgar e ele me punhetava. Eu gemia e dizia nossa que delicia e ele falava vai quero gozar dentro de vc enquanto chupava meus peitinhos. Ai quando eu disse que ia gozar ele segurou minhas nádegas com as duas mãos e começou a socar freneticamente e dizia isso goza minha putinha que eu vou gozar também.

Quando eu senti o pau dele inchando dentro do meu eu piscava meu cuzinho incontrolavelmente e quando senti a porra quentinha inundando meu cu eu gozei junto em cima dele, e dei meu beijo num homem pela primeira vez de língua e abafamos nossos gemidos. Ai depois de uns segundos eu sentia a porra dele escorrer pela minha bunda foi a primeira e ultima vez que fiz sexo fora de casa sem camisinha. Tomamos um banho e depois continuamos amigos e sempre transávamos quando um tava com tesao e pedia não era nada forcado mas quase sempre rolava sexo mas eu pedi pra fazer de camisinha todas as vezes depois disso ele aceitou. Passamos quase um ano transando e ele me ensinou tudo ate a gozar pelo cuzinho. Depois ele mudou de cidade e nunca mais nos vimos.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/fiodentalgostososp



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente