Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: No banheiro do amigo!

Sobre mim: Sou alto aproximadamente 1,80, magro e moreno uma rola de tamanho médio e claro não podia esquecer virgem pelo menos era antes desse dia.

Era sábado a noite e estava de bobeira no computador quando um velho amigo(Allan) meu me chama para uma resenha que ele estava fazendo, e já que fazia muito tempo que não nos víamos e ele morava "perto" da minha casa acabei falando que ia e pedi para ele me buscar já que ele dirige.

Estava pronto e esperando ele quando recebi uma mensagem dele falando que quem iria me buscar seria um primo dele porque ele já tinha saído para buscar outro amigo e iria demorar.Então entrei no carro e chegamos na casa dele, como não conhecia ninguém fiquei na minha, até que Allan chegou com o tal amigo que ele foi buscar, Allan me cumprimentou e me apresentou seu amigo, o nome dele é Léo, ele é alto, branco, malhado e com bastante pelo do jeito que gosto, foi paixão a primeira vista, ele era a pessoa mais maravilhosa que já tinha visto em toda minha vida!

Depois de nos apresentarmos, sentamos e começamos a beber, fomos simplesmente jogando conversa fora e nos conhecendo, quando fiquei sabendo que ele era gay, e como já tava com vontade foi ai que realmente comecei a dar em cima. Então fiquei com vontade de ir ao banheiro, coloquei meu copo no banco em que estávamos e avisei que iria ao banheiro e ele disse:

-Se você quiser posso ir junto! Eu só dei uma risadinha e fui.

Quando estava saindo do banheiro ele apareceu abrindo a porta, e veio por trás de mim beijando minha nuca me arranhando com aquela barba, passando a mão na minha barriga e descendo cada vez mais, então me virei e começamos a nos beijar, comecei a abrir seu zíper e já senti um volume enorme, mas ele não me deixou tirar aquele cacete enorme da cueca.Ele me jogou na parede e se ajoelhou enquanto abria meu zíper e já começou a mordiscar minha rola por cima da cueca, e a cada mordidinha eu ficava com mais tesão e meu pau mais duro ficava, então ele tirou minha cueca e meu pau já tava todo babando e sem demora ele começou a me chupar já estava quase gozando quando ele parou e começou a tirar a roupa e dessa vez consegui ver perfeitamente e era a rola mais perfeita que eu já tinha visto, era grande e grossa mas sem exagero e tinha uma cabeça rosada que dava vontade de cair de boca, e é claro que fui imediatamente.

Depois disso ele ficou de quatro em uma banheira que tinha lá, então chupei aquele cu rosadinho e delicioso, ele me pedia para dar uns tapas naquela bunda branquinha e lisinha, e a cada chupada era um gemido, até que ele disse que não tava mais aquentando e que queria logo que eu metesse a rola nele, então fiz o que ele pediu e ficamos nisso por um bom tempo, mas já não aquentava mais e precisava gozar e nem avisei ele só enchi aquele rabo de porra.

Depois ele disse que era minha vez, e ele me colocou de quatro e chupou meu cu tão bem que eu não queria que parasse mas ele como sempre apressado já veio metendo no meu cu sem avisar, ele sabia que eu estava com um pouco de medo por ele ter um baita de um caralho e eu ser virgem, mas ele enfiou com cuidado e ficou parado enquanto me abraçava e beijava minha nuca, quando ele viu que eu estava acostumado ele começou a socar cada vez mais forte, então ele avisou que iria gozar e ele tirou a rola do meu cu e me virou e pediu para que eu começasse a chupar e ele gozou na minha boca, ele gozou tanto que não dava mais para deixar na boca e comecei a engolir, ele me abraçou de novo e começamos a nos beijar.

Nos limpamos e saímos de lá como se nada tivesse acontecido. Nos falamos até hoje e sempre que podemos nos encontramos para repetir.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente