Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: O motoboy levou um amigo

Bom, este conto é verídico e aconteceu em janeiro último aqui em Belo Horizonte, onde moro.

Eu transava de vez em quando com o Léo, rapaz de uns 23 anos, motoboy que entrega pizzas à noite aqui na cidade. Ele é bi. Namora com mulher mas não dispensa um cuzinho hehehe...

Tenho 54 anos e sempre fui passivo embora bem discreto.

Quando encontrava com o Léo, ele vinha de moto até um bairro aqui perto e lá passava pro meu carro pra irmos pro motel. O muleque não negava fogo.

Neste dia, ele me mandou msg falando que tava com muito tesão e perguntando se eu podia dar pra ele à noite. Aceitei na hora...rss. Tava mesmo precisando de tomar uma boa pistolada no rabo...

Mais tarde ele me chamou de novo perguntando se podia levar um amigo. Estranhei porque nós sempre fizemos tudo na encolha, sem ninguém saber... ele é muito discreto, e tal... Mas disse que o cara é gente boa, amigo dele, de confiança..etc.

Eu topei, confiando no Léo....e, confesso, fiquei super excitado com a situação. Chegando no local do encontro, espero um pouco e vejo o Léo chegando de moto com o amigo na garupa. Eles descem, cumprimento o Léo e, quando eles tiram o capacete. Uau! que surpresa boa...rsss. O amigo dele tinha no máximo uns 20 anos, moreno claro, alto e muito gostoso.

Nos apresentamos e eles entraram no meu carro pra irmos pro motel. No caminho só papo mesmo, sobre serviço, motos..etc.. nada demais. Chegando no motel, peço ao amigo (Vitor) para deitar no chão do banco de trás do carro pra não dar na vista e entro normalmente com o Léo, como sempre fizemos. No quarto, fomos tirando a roupa, eu e o Léo, enquanto o Vitor ficava meio tímido, em pé nos olhando. Logo ele foi ao banheiro (sozinho) e eu comecei a chupar o pau do Léo, que já tava duro.

Foi quando o Vitor voltou do banheiro e me viu totalmente pelado mamando no pau do Léo, já duro como uma pedra.. e começou a rir, daquele jeito meio sacana. O Léo falou pra ele:

- Não disse que ia rolar? Relaxa que o cara é safado mesmo...rss Continuei chupando, engolindo o pau todo como o Léo gosta, até que ele me mandou deitar na cama de 4. Fiquei na posição e vi que o Vitor também já tava pelado e de pau duro....uau!! O Léo me comeu de 4, comigo vendo o Vitor se masturbando na minha frente.

O pau dele era bem maior que o do Léo. Logo o Léo gozou dentro meu cu... e falou alto pro vitor ouvir: Ahhh, gozei!! E tirou seu pau molhadinho do meu cu, passou na minha boca pra lamber o restinho e foi pro banheiro. Deitei na cama, achando que ia relaxar mas, que nada.

O Vitor veio por trás de mim, sem perguntar nada e começou a relar a pistola no meu cu.. Foi passando na reguinho.. procurando o buraco.. enfiando um pouco, mexendo.. até que.. Cráu! Enfiou tudo de uma vez lá dentro! Eu gritei: Aii!!! que pauzão!

Ele apenas sorriu e falou baixinho:

- Fica quieto.. eu sei que você aguenta e gosta.

E o pior é que tava certo.

O muleque bombou, bombou, meteu mais forte e logo ... Ahhh gozou também!

Enchendo meu cu de porra mais ainda.Aí descansamos um pouco na cama... pensei que íamos tomar banho pra ir, quando olho pro lado e ... vejo o Léo de pau duro de novo!

Foi quando me lembrei que ele sempre tirava duas antes de ir embora. Não teve jeito, o Vitor saiu da cama e o Léo chegou junto de novo, desta vez de ladinho. Bombou de novo até gozar!

Já tava doendo, mas o prazer foi tanto que eu nem sentia direito. Então fomos os três pro banho. No chuveiro, eu lavei os paus deles (como todo bom passivo faz..rss), conversamos umas sacanagens e fomos saindo... Primeiro o Vitor, depois eu.... então ao chegar no quarto.

Minha surpresa foi o Vitor de pau já duro de novo! Ele me pega pelo braço e fala simplesmente:

- Fica de 4 aí...

Não acreditava naquilo.. mas , que podia fazer? Não ia decepcionar o rapaz, né rss?

Fiquei de 4 na beirada da cama e tomei no cu de novo... até ele gozar pela 2a vez, demorando mais como era de se esperar. Quando acabou.... o Léo já tava deitado na cama de pau duro!

Adivinhem o que ele queria?

E foi de novo, a terceira dele...ufa!!!

Acho que não queria ficar empatado com o Vitor, sei lá... Mas por fim, quem aguentou 5 fodas completas no rabo fui eu, né? Nos vestimos, e fomos embora, como bons amigos.... claro que bem mais relaxados.

Espero que tenham gostado da história.

E para os amigos de BH ou região, meu perfil no disponível tá aí!

Até a próxima!

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/papaanjobh



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente