Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Pegação na Prainha

Olá. Vou me apresentar com nomes fictícios, tanto eu quanto os que estarão nesta história. Eu sou Marcelo, 48 anos, 1,71, moreno, 90 quilos. Conheci um rapaz de 26 anos no qual será o Renato: Claro, 1,68, cabelos pretos lisos. Um gato.

Somos casados. Nos conhecemos em um local chamado prainha na lagoa da Pampulha-BH onde rola umas pegações a noite. Eu saí da faculdade uma noite, resolvi matar aula e fui para a prainha. Lá é uma área verde a beira da lagoa onde se você quiser arrumar algo, é o lugar.

Estava marcando chegar alguém. De repente vejo o Renato chegando com um outro amigo dele. Desceram em um local mais reservado e eu fiquei observando os dois. Começaram a se pegar num sarro muito intenso. Aquilo eu fiquei observando e me veio um tesão louco subindo pelas pernas e possuindo todo meu corpo. De vez em quando eles paravam e me olhavam. Cochichavam entre si. Pensei que estavam incomodados com minha presença ali. Resolvi passar a mão por cima do meu pau. Este é o sinal. Vi que Renato passou a me observar mais. E com isto meu tesão só aumentando. Já não estava aguentando mais..... nuuuu!!!!!

De Repente, Renato me faz um sinal com a mão me chamando. Gelei. Mas criei coragem e descia té os dois que a esta altura já estavam se esbaldando de tesão também. Renato perguntou se eu queria brincar com eles. Mais do que rápido disse que sim. Então os dois começaram a me agarrar, me beijando e arrancando minha roupa.

Morro de tesão quando tocam meu mamilo. Renato percebeu e começou a chupar com sua língua enfurecida me deixando louco de desejo. O joão começou a me beijar na boca com aquele beijo forte e gostoso. Renato foi descendo passando sua língua pelo meu corpo tirou meu pau para fora da calça e o abocanhou de uma vez..... que tesão!!!!!! João parou de me beijar desceu e começou junto com o Renato a chupar meu pau. Que mágico isso. Chupavam meu pau ao mesmo tempo. Depois Renato se levantou e disse que queria ser chupado por mim. Não pensei duas vezes e cai de boca naquele pau gostoso e João começou a chupar meu pau também.

Ficamos naquele sarro delicioso até que João disse que queria ser comido pelo Renato. Renato me olhou e perguntou se eu queria ser comido por ele também. Me assustei um pouco e pensei hoje vou perder minha virgindade, nunca dei. Respondi que não, que nunca dei meu cú porque tentei uma vez e doeu muito. Renato respondeu que dói apenas no começo mas que depois fica tesão puro. Ainda neguei novamente. E ele foi enfiar seu pau no rabo do João que é um rabo bem gostoso por sinal. João me pediu para chupar meu pau e que era pra fazer dele uma verdadeira putinha.

Renato bombava com estocadas fortes, João me chupava e e dizia que meu pau era uma delícia, que estava adorando e queria tomar meu leite. Foi tesão demais....... não aguentei e dei o leite que queria nunca gozei tanto leite e João engoliu tudinho. Renato também não se conteve e gozou na bunda do João horrores de leite que escorreu pra todo lado.

Renato disse que queria tirar minha virgindade mas não deixei. Ficamos cúmplices e de vez em quando marcamos uma pegação e sempre com muito tesão. Eu disse ao Renato que depois da nossa primeira transa fiquei com muita vontade de deixar ele me comer. Só de pensar já fico de pau duro quase explodindo. Mas ainda não tive coragem de receber aquele pau no meu cu.

Prometo a vocês que vai acontecer uma hora. E assim que acontecer vou contar como foi.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/nanzinhosafado2804



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente