Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Sexta-feira depois do expediente

Normalmente eu saio do trabalho com os meus colegas mas tive que ir ao shopping e terminou sendo tudo diferente do normal. Depois das 17 horas fui passeando até o shopping no centro de Salvador. Encontrei alguns conhecidos e velhos amigos. Nos cumprimentamos até que terminei fazendo o que fui fazer. Entre uma caminhada e outra dentro do shopping vejo um coroa que me acompanhou com um olhar muito safado.

Ele também estava sozinho no shopping. Olhei pra ele, sorri e fui na direção do banheiro meio receoso, porém queria confirmar minha suspeita com aquele maduro simpático e com a aparência bem cuidada. Que termino me despertando interesse em conhecer ele melhor e de forma mais intima. Entrei e procurei um local menos movimentado e quando tiro a barra de chocolate para fora, olha quem esta ao meu lado já observando com toda atenção.

Ele sorri mais uma vez. Mijei, olhei para ele passando a língua nos lábios com um expressão de muito desejo de mamar ali mesmo. Senti que ele ficou cheio de tesão quando viu minha rola, que na verdade é uma senhora rola que dá vontade. Até em macho hétero quando tem a oportunidade de ver, elogia a grossura e faz alguma brincadeira. Eu já nem ligo. Estou acostumado.

Ele até tentou pegar mas apareceu um rapazinho e ficou nos observando. Achou que ele sacou que tinha alguma coisa ali entre eu e o coroa. Terminei desistindo. Sacudi por algum tempo e coloquei ela de volta e fechei o zíper.

Fui a pia, lavei as mãos e o rapaz prontamente ficou perto de mim. Fiz que não entendi. O coroa continuou a me olhar e os nossos olhares se encontraram.

No diálogo mudo confirmamos que perdemos nossa chance mas notei que ele não se deu por vencido. Saímos e o rapaz nos acompanhou. Fomos para praça de alimentação. Pedi um pedaço de pizza e um refrigerante. Ele apareceu perto de mim, ofereci mas ele rejeitou. Disse que ele queria comer era minha rola preta que ele amou. Prontamente dei força para conversa ficar mais picante. Ele explanou que estava afim de sair comigo, que gostou de minha rola e se eu tinha local. Disse não tenho local, mas podemos ir ao motel agora mesmo. Ele não sabia se aceitava pois era sexta e provavelmente estaria cheio de casais. Eu disse: O que tem? Seremos mais um casal a desfrutar desta oportunidade... Deste clima de sexta noite. Ele pensou e seguimos para um motel.

Chegando lá o homem estava atacado. Foi tirando minha roupa e tomamos um banho junto. Ele começou a me chupar e lamber meu saco. Me controlei. Ele sabia chupar muito bem. Eu beijei ele, apertei os peitos e fomos em direção a cama nos beijos. Lá chegando, fiz ele sentar na beira da cama e começou a chupar minha pica preta da cabeça roxa cheia de veias alteradas e cheia de tesão.

O coroa ficou louco de tanto chupar. Quando não aguentava mais, ele disse que queria chupar mais mas a boca estava cansada. Virei ele de bruço, empinei um pouco a bunda, dei uma lambida na porta do cu. Ele estremeceu. Enfiei o dedo e comecei a folgar o anel do cu dele e ele cheio de tesão. Terminei por folgar com os dedos no cu e passei a pica preta no cu. Ajeitei ele, segurei calmamente pela cintura, lambuzei e mirei na porta do cu. Ajeite a camisinha e deflorei o coroa que estava louco para dar naquela noite de sexta.

Ficamos no motel por um bom tempo quando nos demos por nos eram 2 horas da manhã. Tomamos um banho rapidinho e voltamos para casa. Deixei ele em casa e voltei para minha casa. Agora ele que fazer isso toda sexta. Não posso pois já tenho uma agenda de sexta. Barzinho com os amigos e colegas de trabalho. Agora toda vez que estou no barzinho com os amigos ele aparece.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/macho24x24



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente