Já é assinante?
Esqueci a senha

 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Eu o TXcomedor no motel

Recebi uma solicitação de amizade do Franks dias, apelido de TXComedor na semana passada, disse que achou interessante meu perfil, e queria me conhecer. Ele mora numa cidade vizinha, chamada Vila Velha, que fica ao norte de Guarapari, aproximadamente 45km da minha casa.

No papo, entendemos perfeitamente que ele curte ser ATIVO e queria que eu fosse PASSIVO.

Ele me pareceu super confiante e seguro, me passou seu numero de celular, e disse que eu poderia ligar pois ele é taxista e esta disponível 24hs para o trabalho, mas que o assunto entre nós é sexo mesmo.

Me mandou uma foto da PICA, e eu quase me ajoelhei, para que ele me enrabasse naquele dia...rsrs

Marcamos de sair hoje, quarta feira, dia 01 de fevereiro de 2017, Ele veio de táxi e me pegou em frente ao Terminal de Itaparica, quem é de Vila Velha, sabe, ali na Rodovia Darly Santos.

Ele parou ao lado de meu carro e eu entrei no seu táxi, como um cliente qualquer! Sério, mas tudo que ele falou como era, ele se comportou 100% como disse. Fomos ao LAS VEGAS MOTEL, na Rodovia do Sol, na Barra do Jucu.

Entramos na suíte e fui vestido de calcinha, como ele havia sugerido, ao ver, ele foi ao delírio, veio fazer carícias penianas em minha bunda, só para me deixar louco de desejos.

Passei a mamar no meu saboroso taxista comedor, mamei como bezerra, brinquei, bati sua pica dura na cara, na bunda, no peito, ele gemia, arfava, suava e uivava como uma raposa, mas sem perder o controle e a ereção!

Colocou a camisinha e começamos a tentar a penetração, pensem numa dificuldade, ele querendo me enrabar, eu querendo ser enrabado, mas a dor estava me incomodando e ele, com maestria de um "bom comedor de bunda", teve paciência, me permitiu sentar em seu colo, e depois de frango assado, até que a tora encontrou seu lugar em mim!

Ele suava e arfava, gemia, mas me enrabava com conhecimento perfeito de um exímio comedor! O suor o estava incomodando e a refrigeração do ar condicionado não estavam resolvendo. Eu estava adorando, aquele macho suando, metendo, urrando,em cima de mim.

Aí sugeri tomarmos um banho, para refrescarmos, fomos ao chuveiro, e fui encher a hidro, enquanto tomávamos o banho, a hidro ficou no ponto e entramos na hidro. Aí veio o mais saboroso, comecei a chupa-lo e punhetá-lo! Perguntei onde ele queria gozar, ele disse no rosto. Não agüentei de prazer, chupei enquanto ele se punhetava, demorou, mas me lavou em porra e eu queria fazer uma coisa que nunca consegui na vida, engolir a porra. Gozei com ele gozando na minha boca e boa parte de seu gozo eu engoli, como uma puta deve fazer!

Foi essa a primeira vez que sentir o gosto de porra!

Terminamos o banho, pagamos e saímos!

Acredito que em breve teremos outro prazer juntos!

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/disponivel.com/betto_vix48



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente