Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Pego de fio dental no flagra pelo cunhado

Olá. Vou me apresentar aqui e contar uma loucura que me aconteceu há 2 anos. Nunca publiquei um conto. Sou casado tenho 30 anos sou moreno claro 1.77 altura, 80 kg, bunda EX GG, pernas grossa, bunda muito carnuda, corpo bonito e rosto também. Esposa linda e gostosa, desde a adolescência sempre amei usar fio dental das primas e tias. Jé tinha dado pra 4 caras antes mas casei e parei.

Sempre que podia usava as calcinhas da esposa. Certo dia em casa estava só. Esposa havia viajado, cheguei do trabalho meio dia (só trabalho meio período). Já cheguei, coloquei uma blusinha de alcinha, um fiozinho dental atolado na bundona carnuda.

Casa toda murada, fui pra área de serviços no fundo da casa lavar umas louça pra esposa. Mas quando ela saiu ela deixou a copia da chave do portão com ele. E não me avisou era pra ele pegar um botijão de gás vazio emprestado. Ai quando assusto ele está atras de mim. Eu estava lavando louça de blusinha e fio dental ouvindo sertanejo e rebolando com o fio socado.

Cara que susto. Corri pra dentro de casa direto pro quarto. Ele já veio atrás batendo palmas e disse: Sempre tive uma certa dúvida sobre o tamanho dessa bunda.

Pedi pra ele por tudo que era mais sagrado pra isso não sair de entre nós, que aquilo que ele viu era só uma brincadeira e que minha roupas estão sujas por isso usei a calcinha.

Ele disse: Chega de papo furado. Sai levanta quero te ver mais. Falei que não e ele disse: É o seguinte. Tá filmado e fotografado. Ou me obedece ou mando no grupo da família. Fiquei louco. Ele disse cala e obedece. Levanta, de hoje em diante será minha putinha. Falei: Tu tá doido! Sou HOMEM.

Ele falou: Tá me afrontando? Levanta e desfila. Ai fiz como mandou. Levantei, fui pra sala, sentei no sofá e ele veio na minha frente. Eu sentado e disse, cara, você é um tesão. Bunda parece de menina.

Olhei pra ele com olhos cheio de água querendo chorar. Ele perguntou: Você já deu pra alguém? Disse que não... Sou macho. Ele disse hoje seria minha puta. Mama aqui.

Tirou pau pra fora. Nossa. Meu coração veio na boca. 18 cm grosso, lisinho cheirando, pau dele ficou menos de 10cm do meu rosto. Ele disse mama. Eu não tá doido nunca fiz isso sou homem.

Mas meu cu piscava. Ele me deu um tapa na cara e disse mama puta. Eu ja tava lascado mesmo. Aquilo foi o que eu sempre quis. Pensei vou entregar logo. Ai ele começou a esfregar o pau na minha cara. Eu sentado e ele em pé. Passou na minha boca ai beijei. Ele disse isso mesmo. Lambe!

Ai ja abocanhei com vontade. Ele gemendo e socando me chamando de puta, gulosa, gostosa. Senti o pau dele inchar. Filho da puta me encheu a boca de porra. Porra muito grossa. Tentei cuspir e ele disse: Não não. Engole tudo! So obedeci. Me pois de 4 no sofá.

Puxou o fio de lado deu uma lambidas no meu cu uns 4 tapas cuspiu nele e pois a cabeça na porta e foi forçando pra dentro eu gemendo que nem uma cadela no cio.

Com um pouco de sacrifício a cabeça escorregou pra dentro. Ai pronto! Gemi e ele foi empurrando garrado na minha cintura. Eu toda empinada, ele mandou tudo que e uma vez eu gritei gemendo.

Ai ele bombou me comeu de quatro. Frango assado e finalizou comigo cavalgando em seu cacete. Me bateu muito na cara e na bunda.

Essa foda durou média de uma hora e meia. Terminámos ele me surpreendeu com um beijo. Disse que nunca comeu nada tão gostoso. Apagou os videos e disse de hoje em diante seremos amantes. Você topa? Balancei a cabeça dizendo que sim.

Ele foi embora no finalzinho da tarde antes da esposa chegar. Ele voltou pra mais um boquete.

Somos amigos, companheiros! Um não sai da casa do outro. Ninguém nem imagina. Na rua sou machão. Na cama uma putinha... Estamos assim vai fazer 1 ano esse mês. Transamos na casa dele e na minha.

Uso roupas da esposa dele e da minha. Saímos juntos. Vamos acampar juntos. Semana passada fomos pescar só nós dois. Outro dia conto essa história. Esse conto é verídico.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente