Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Foi Maravilhoso

Olá, sou moreno claro de 1.78 alt, com 80 kg e extrovertido. Em relação a minha preferência sexual até então eu era hétero, mas na verdade quando encontrava com um certo amigo, que vou chama-lo de Leo, eu me sentia muito atraído , como se eu fosse uma menina.

Mas eu ficava sempre na minha, brincando e me divertindo com todos os outros amigos da mesma forma. Ele é muito bonito, carinha de menino, mas ao mesmo tempo me passava muita confiança. Até que certo dia ele passou em minha casa para sairmos e encontrar com o resto da turma, como estava meio cedo, lhe ofereci uma vodca que foi prontamente aceita.

Tomamos umas três e começamos a falar de coisas que nem sempre falamos em publico. Ele me confessou que tinha saído com uns carinhas, mas não quis falar o nome de ninguém. Eu me empolguei com aquilo, e depois de mais uma rodada, lhe confessei que tinha uma grande atração por ele, ele me retribuiu com uma frase; " a reciproca é verdadeira".

Como ja estávamos no quarto, lhe acariciei por cima da calça, aí ele me perguntou se eu queria "pegar"? E eu respondi quase tremendo que sim, ele muito doido tirou a calça e a camisa , ficou peladão, e foi ao que vi que ele estava com muito tesão, pois seu pau estava durissimo e pulsando, parecia que queria tudo.

Eu não aguentei ficar só em pegar, e enfiei aquela coisa enorme toda na boca e comecei a punheta-lo com ela, ele gemia, e só dizia: Que tesão !!!

Naquele momento senti uma babinha saindo, não perdi tempo em passar a língua e achei uma delicia, ele vibrou de prazer, fiquei mamando por uns vinte minutos e ele gemia, e ao mesmo tempo em que eu o mamava, eu ja tinha tirado meu calção e minha cueca ele começou brincando com meu cuzinho com o dedo . De repente ele me pediu: - Deixa eu colocar em você só um pouquinho, adorei seu cu. Eu viajei estava tão louco que tirei seu pau da boca e disse: - Sim me come.

Ele me disse para relaxar bastante para não doer. Eu fiz o possível, mas estava com muito tesão e mesmo assim travei, ele foi muito legal ,teve paciência, não forçou ,esperou, e depois me penetrou com muito carinho, sempre parando pra me relaxar até estar todinho dentro de mim. Eu fiquei quase louco de tanto tesão, só depois de alguns minutos ele começou o vai e vem, bem devagar, eu cheguei a chorar de alegria, e ele me segurava nos meus peitinhos e eu amei, me beijava a nuca eu me arrepiava todo, eu só queria mais e mais foi maravilhoso.

Após uns dez minutos de muito vai e vem ele me disse que iria gozar, não deixei, parei e disse: - Na minha boca! E ele enlouqueceu, tirou quase que imediato e enfiou na minha boca que ja o esperava, foram muitos jatos fortes, eu quase engasguei, bebi tudinho.

Deitados e exaustos, eu com alguma dor é claro, continuamos a falar como cada um desejou o outro, e sempre com medo. Depois desta, foram muitas outras e até melhores.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/o inicio



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente