Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Todo lambuzado de porra

Olá pessoal, me chamo Felipe, tenho 24 anos e sou de Fortaleza - Ce. Bem, esse fato aconteceu na faculdade, uma amiga me convidou pra participar de um racha de vôlei que sempre rolava na quadra na universidade. Eu até então nem conhecia essa aparte de lá, pois meu curso ficava em outro campus. Então eu fui, chegando lá ela me apresentou ao pessoal e depois formamos os times e blá-blá-blá, essa parte não ao caso neh?

Terminados o racha, já estava anoitecendo e fui então tomar um banho pra irmos jantar. Estava eu lá na área dos chuveiro e nela não tinha boxes individuais, apenas aquela fila de chuveiros, um ao lado do outro, e eu logo pensei: hummm... massa pra ver os boys tomando banho sem nem precisar brechar! (risos)

Conhecendo a agitação dos outros banheiros da faculdade, fiquei só esperando alguém aparecer... e não demorou muito. De repente chegou um cara, ele era magro, lisinho, meio loiro. Sem cerimônias, foi tirando a roupa e começou a tomar banho também. Tentei disfarçar, mas era quase impossível não olhar aquele corpo nú, molhado e que pau bonito ele tinha! Era grande, retinho, com a cabeça bem rosada... eu louco pra cair de boca!

Ele percebendo meus olhares, logo perguntou: curte? Eu prontamente respondi: e muito! Então ele disse: pois chupa. Não precisou mandar duas vezes, cai de boca mamando aquele pau maravilhoso! Chupava com muita vontade, era delicioso! E, modéstias a parte, eu mando muito bem no oral. Ele socava bem fundo na minha garganta dizendo que era pra engolir todinha, depois começou a me chamar de putinha e que iria fazer de mim seu viadinho. Cara, o tesão só aumentava. Enquanto eu mamava, ele, com o dedo do pé ia cutucando meu rabo e passando no meu cuzinho que já estava piscando doido pra sentir aquela vara dentro de mim.

Ele perguntou: tem camisinha aí? Se tiver, eu meto nesse seu rabão guloso pra ver se ele aguenta pica! Na mesma hora, fui rapidinho na mochila e peguei o preservativo. Ele me encostou na parede, eu empinei e ele começou a lamber meu cú e fui ao delírio! Quando já estava bem molhadinho, ele veio e foi metendo aquele pau, centímetro por centímetro, devia ter uns 20cm, quando o pau tava todo dentro, começou aquele movimento de vai e vem, e ia ficando cada vez mais fortes nas estocadas e eu louco de tesão! Começou a me punhetar e disse que queria que eu gozasse com o pau dele dentro do meu rabo. Gozei litros.

Então foi a vez dele. Ele perguntou onde eu gostaria de levar o banho de porra. Eu disse: goza na minha cara seu puto! Então ele tirou a camisinha, e comecei a chupar aquele pau novamente até receber meu banho de leite quente na cara! Pense numa gozada gostosa, farta e quente!!!

Terminadas as atividades, fomos nos limpar. Tentei beijá-lo, mas ele disse que era casado, que só beijava mulher. O que só me fez ficar com mais tesão. Depois desse dia, toda vez depois do racha sempre rolava uma sacanagenzinha por lá, com ele e com outros, inclusive uma suruba que será relatada depois.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/herculesflex



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente