Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Entre Amigos: Ele mandou eu ficar de joelhos com a boca aberta

Tenho um amigo que mora numa cobertura aqui perto. É um cara maduro, de 56 anos, bi e gosta de ser dominador com suas putas. Fiz algumas visitas à ele e ele sempre vinha me iniciando e treinando pra ser uma putinha submissa. Comecei a gostar da forma que ele me tratava e sempre queria um pouco mais. Ele não me machucava, se eu não quisesse alguma coisa ele respeitava, então era bem gostoso.

Certo dia, quando cheguei lá, ele disse que queria me comer sob as estrelas. Nada de me comer no quarto, queria me comer ao ar livre. Achei a ideia um tesão. Apesar de alguns prédios próximos ao dele, a maioria não era tão alta, então a chance de alguém nos ver era pequena, mas admito que eu torci muito pra alguém ver rs.

Encostamos no parapeito, ele começou a me mostrar os lugares em volta que dava pra ver ali de cima e começou a passar a mão na minha bunda, a me apertar e a enfiar a mão por dentro da minha bermuda enquanto íamos conversando. Aquilo me deixou com muito desejo e abri a bermuda. Ele continuou apertando minha bunda, colocou minha calcinha pro lado e começou a colocar um dedo no meu cuzinho. Que delícia de homem. Ele não resistiu, mandou eu continuar olhando lá pra baixo, se ajoelhou atrás de mim e começou a linguar meu cu. Bom demais. Ficou me linguando um bom tempo até que disse para eu sentar numa das espreguiçadeiras que ele tinha.

Me sentei, ele ficou de pé na minha frente, botou a rola pra fora e mandou eu chupar com vontade. Caí de boca no pau dele, não é muito grande e nem grossa. Eu chupava, ele me mandava abrir mais a boca até engasgar, batia na minha cara e enfiava aquela pica na minha garganta o máximo que podia. Deixei a rola dele bem babada. Ele pediu pra eu esperar um pouco, foi lá dentro e trouxe uma coleira de submissão. Colocou no meu pescoço e disse: Vamos dar uma volta com seu dono, cachorra.

Me colocou de 4 e deu uma volta na sacada dele. Nossa, achei muito gostoso. Ainda mais com a chance de alguém nos ver, fiquei com muito tesão. Depois da nossa voltinha, ele encostou no parapeito e mandou eu chupar mais o cacete duro dele. Chupei, engasguei, apanhei (devagarinho, claro rs) e ganhei minha recompensa: ele mandou eu ficar de pé no parapeito e empinar a bunda.

Fiz o que meu mestre mandou. Sentei ele abriu minha bunda com as mãos e colocou a pica dele todinha de uma vez. Eu tentei gritar e dizer que estava machucando, mas ele colocou a mão na minha boca e me mandou ficar em silêncio. Obedeci. Ele foi colocando o pau devagar, mas de uma vez, até que entrou tudo. Ele começou a meter, aquele movimento gostoso, aquele perú entrando inteiro no meu cuzinho, me preenchendo... que delícia.

Ele metia forte, dava tapas na minha bunda, segurava minha cintura, me xingava. Que delícia. Ficamos nessa putaria uns 30 minutos. Ele alternava entre foder minha boca e meu cu. Quando ele não resistiu mais, mandou eu ficar de joelhos e abrir a boca. Obedeci mais uma vez. Ele enfiou o pau na minha boca e gozou forte. Ele gemeu alto a cada gozada que dava e cada chupada que eu dava na cabeça do pau dele enquanto isso. Ele gozou muito e me mandou deixar o pau dele limpinho. Obedeci novamente, claro. Rs

Transamos mais uma vez naquele dia e fui pra casa me sentindo uma puta de verdade. Voltei muitas outras vezes lá pra repetir a brincadeira.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/bipassivobotafogorj



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

11/02/2016 20:39:43 - Nossa adorei este conto, um madurão dominador...adoro ser submisso...

31/01/2016 16:47:00 - Que delicia, presiso de um macho assim. abraços;.

31/01/2016 16:02:36 - Tenho um macho que gosta de me fazer de mulherzinha. Até calcinha ele me manda usar.Adoro ser submisso.

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente