Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Familia: Eu e meu primo safado

Bem, sempre leio alguns contos aqui e hoje resolvi compartilhar minha primeira vez que dei minha bundinha. Bom, já faz algum tempo e foi com um primo safado.

Num dia a tarde estávamos a sós em casa e surgiu o assunto sexo, tinha próximo alguma revista com cenas de sexo e a conversa foi tomando um rumo diferente e despertando um tesão.

Tinhamos entre 14 e 17 anos, ele era mais velho que eu uns 3 anos e tinha uma pica maior e mais grossa algo em torno de uns 18cm; Ai ele percebendo que estava com tesão e porque não dizer tinha curiosidade em fazer sexo com rapazes mas não tinha coragem para tomar a iniciativa.

E de repente, ele coloca aquela pica pra fora, começando a ficar dura, na hora não sabia o que fazer e ou dizer, mas fiquei olhando, ai ele se aproximou e disse: "põe a boca e mama, bem gostoso", bem na hora fiquei meio sem ação, apesar de estarmos próximo no quarto ele se levanto e veio até a mim com aquela pica, ao mesmo tempo que me deu vontade de por a boca nela, fiquei um pouco com vergonha daquela situação porque nunca havíamos falado nada nesse sentido.

Pois bem, ele como é bem safado e sabia o que eu queria, segurou minha cabeça e foi trazendo em direção aquela pica, fechei os olhos, e comecei a lamber e não demorou muito pra começar a mamar como ele queria. E anda ia pedindo o que era pra eu fazer com a boca naquela pica.

Não demorou muito e ai percebi que estava gostando e não quis saber de mais nada e continuei a mamá-la até que começou a gozar na minha boca; nunca poderia imaginar algo assim e com um primo.

Ai me limpei e ficamos em silêncio por algum tempo até que ele sugeriu para que eu ficasse de costas pra ele de pé, topei e começou a roçar sua pica na minha bunda e o tesão aumentado, ai pediu para eu deitar e abrisse a bunda com as mão e eu fiz, porque nessa altura já estava cheio de tesão e queria saber como era dar... mas não consegui neste dia, muito apertadinho meu cuzinho, mamei de novo e quando ele ia gozar me virou e gozou na minha bundinha e cuzinho me lambuzou todo com sua porra quentinha e farta... Ai fiquei ainda mais na vontade de dar pra ele, e sempre que tínhamos uma oportunidade de ficar a sós, ele tentava penetrar meu cuzinho... e numa tarde fiquei de quatro na beira da cama e senti aquela pica dentro de mim me arrombando, como doeu aguentar aquela pica dentro de mim, até que começou a gozar e senti uma sensação gostosa enchendo meu cuzinho de porra.

Depois dessa primeira vez houve outras e depois nunca mais ocorreu, bem que tentei mas ele não quis e hoje sempre que nos encontramos lembro e fico com vontade de quero mais.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/disponivel.com/Freiend



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente