Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Familia: Minha primeira vez

Olá quero partilhar como foi minha vez, a minha experiência sexual.

Eu tinha 18 anos, gostava de jogar bola e toda semana eu ia na quadra do colégio afim de jogar futssal(futebol de quadra). Éramos um grupo de garotos. Dentre esse grupo havia dois primos meus. Eles tinham pernas bonitas Marcelo e Danilo.

Danilo sempre mexia comigo, gostava sempre de passar a mão na minha bunda e pedia desculpa. Sempre aos domingos estávamos na quadra. Um dia depois de uma partida de 20 minutos, fui ao banheiro, como fazia calor molhei o rosto o cabelo, minha camiseta também ficou molhada e quando fui tirar a camiseta, o Danilo estava entrando no banheiro e me disse tira a calcinha também.

Não gostei da fala dele, chamei-o de boboca e estava saindo ele como sempre passou a mão na minha bunda e disse desculpa é eu eu gosto de você, você é lindo, tem um corpo bonito e falando assim tocou no meu corpo e fiquei parado e ele me passando a mão disse eu quero muito ver sua bunda me abraçou começou me beijar, fiquei parado sem saber o que fazer e ele me passando a mão pegou minha bunda apertando e começou enfiar o dedo no meu cuzinho.

Aí tirei a mão dele e saí, quando encontrei meu outro primo chegando, quase fui pego. Naquela semana, quase todos os dias fiquei pensando no que aconteceu. Eu gostava do Danilo ele era bonito mas muito tarado. Fiquei uma semana sem ir na quadra. Como sempre nos encontrávamos na rua, ele me perguntou se fiquei chateado, eu disse que não, ele falou que muito bom para ele e queria repetir a dose. Naquele final de semana, no sítio do pai dele tinha uma festinha de aniversário e ele me chamou pra ir.

Aceitei o convite, foi num sábado, depois do almoço, ele me chamou pra conhecer o "matinho" e ele levou uma garrafa de vinho, no caminho fomos tomando aquele "bendito vinho" chegando no tal "matinho" bastante árvores, ele disse sabe porque te chamei aqui, eu disse não. Ele foi me agarrando e falando é porque tô doido pra te beijar.

E foi me beijando e eu já meio alterado pelo vinho embarquei, ele pegou minha mão e pôs no pau dele e segurei e ele me beijando e enfiando o dedo no meu cuzinho...depois foi me empurrando pra baixo e falando mama no meu pau, mama gostoso e fui mamando no pau dele mal cabia na minha boca.

Ele então mandou eu virar e tentou me penetrar, mas era grosso o pau dele e estava doendo eu não conseguia e voltava a mamar e fui gostando, quando escutamos um barulho era o irmão dele, o Marcelo que estava olhando e falou eu bem desconfiava de vocês dois, agora eu quero também.

O pau do Marcelo era mais fino, ele tirou e fui mamando então o Marcelo falou pra eu ficar de quatro e tentou me penetrar, embora tenha doído um pouco ele consegui meter o pau todinho enquanto eu mamava no pau do Danilo até ele gozar e encher minha boca de porra. Depois disso sempre nós encontrávamos...

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/não



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente