Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Familia: Troca - Troca com o Primo bem dotado

Fui passar um final de semana na casa da minha avó na Baixada Santista, e coincidentemente encontrei um primo que há anos não via. Como a nossa conexão sempre foi muito legal, dividimos o mesmo quarto, que tinha uma cama de casal. Passávamos boa parte do tempo batendo papo e tomando cerveja, íamos a praia e nos divertimos bastante.

Á noite na hora de dormir, falei que tinha o hábito de ficar só de cueca e ele falou que não tinha problemas, pois dormia assim também. Quando eu peguei no sono, acordei com o meu primo de pau duro encostado na minha bunda. Dei uma encostada pra conferir a sua reação e saber se ele avançaria o sinal. Senti ele passando a mão na minha bunda, o que me deixou muito excitado. Quando ele menos esperava me virei pro lado e peguei no seu pau. Meu primo era muito bem servido de pica tanto no tamanho quanto na grossura. Tirei sua cueca e comecei a mamar sua rola.

Ele começou a acariciar minha bunda, abrindo-a, até que senti sua língua lambendo meu cu. Cheguei a empinar minha bunda de tão gostoso que estava. Então senti que seu pau já estava perto de foder quando senti aquele instrumento enorme no meu rabo. Como ele já havia lambido, conseguiu enfiar a cabeça facilmente mas começou a ter dificuldades para enfiar o resto. Começou a doer muito e para não gritar mordi o travesseiro. Ele tirou a pica do meu cu e foi até o banheiro voltando com o óleo de amêndoas para lubrificar.

Ele lambuzou toda a minha bunda e o pau dele e foi enfiando com mais facilidade, mas mesmo assim doeu muito pois seu pau era muito grande e grosso. Ele queria enfiar até o talo, mas teve que se contentar com metade do pau, eu estava reclamando muito de dor. Só parou de me foder quando eu falei que ele tirasse o pau do meu cu, que eu queria cagar.

Senti um alívio danado quando aquele pauzão saiu do meu cu, e eu caguei. Meu cu estava ardendo e dolorido, falei pro meu primo que não aguentava mais levar pica. Foi quando ele sentou no meu peito e começou a forçar aquela pica gigante na minha boca, e ele começou a fodê-la. Chupei aquela rola com gosto, que ele gozou na minha boca.

Fomos dormir e durante a noite acordo com ele chupando meu cu. Não resistir e fiquei de quatro pra ele me enrabar. Passei o óleo de amêndoas no cu, e foi deslizando pra dentro de mim bem gostoso. Mandei ele socar tudo sem dó e fazer gemer de tesão. Seu cacete entrou até o talo, deixando meu cu arregaçado e dolorido. Ele bombou gostoso e anunciou que ia gozar. Eu também estava gozando pelo cu, e sem tocar no pau. Meu primo deixou meu cu tão arrombado que passei a madrugada peidando.

Quando acordei pela manhã meu primo começou a chupar meu pau bem gostoso, quase urrei de tanto prazer. Depois fizemos um maravilhoso 69 onde chupei seu rabo delicioso. Meu primo virou seu bundão gostoso, e eu enfiei meu pauzão grosso nele fazendo o gemer de dor. Já era quase 8h da manhã e eu metendo vara no cu do meu primo. Eu já estava quase gozando quando ele falou que ia gozar também. Soquei no seu rabo com tanta força que o puto safado começou a peidar.

Enchi o seu cu de porra e cai desfalecido de tanto que trepei. O fim de semana foi frenético que sempre que tínhamos oportunidade, a gente estava se pegando. Até hoje a gente transa gostoso.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente