Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Fetiche: Seduzido pelo Serial Killer

As mãos dele acariciavam o membro rijo, dentro de sua cueca cor de creme de alguma griffe, enquanto tomava banho de mangueira, bem próximo a sua fantástica piscina. Limpando-se da lama barrenta que envolvia seu corpo de maneira lasciva. Pude ver um pouco de sangue em seus lábios, ele sensualmente lambeu e começou a tocar-se freneticamente. Quando percebi estava me masturbando ao mesmo tempo. Em pouco tempo ele gemeu alto e pude vê-lo gozar, imediatamente, gozei intensamente diante de meu notebook.Foi então que meu vizinho fitou meus olhos pela janela e deu um sorrisinho sarcástico e aterrorizante.Ele fez para que eu visse.Fechei as persianas e me deitei na cama assustado e atônito.Dormi rapidamente, cansado pela exaustão gerada pela energia de meu orgasmo.Uma vez por semana eu esperava ele voltar nas madrugadas para saciar meu tesão e aguçar minhas fantasias sobre as sua atividades noturnas.

Eu só tinha sentido pavor e desejo , na mesma proporção, quando adolescente ao quase ser assassinado por um serial killer. Nesta madrugada fria de domingo, em Londrina, os meus mais sombrios desejos e chocantes anseios se reanimavam. A primeira vez que vi meu vizinho da mansão que se ergueu próxima ao sobradinho de meus pais de origem russa.Ele chegou em uma Highlux branca, estava toda manchada de barro, dirigindo com os faróis apagados em baixa velocidade.Parecia que não queria ser notado, a não ser pelo seu jovem vizinho insone, notívago e jogador de games nas altas horas. A casa havia ficado pronta a um mês e eu só havia visto a bela moça ruiva que acenava para mim, todos as manhãs.Porém, ele seria o pai dela?O Bilionário dono de museus e galerias de arte pelo mundo?Dono da mansão e dono de um império das artes.

Eu não o conhecia. Ele não era ruivo como a moça. Era alto,cabelos escuros mais com tons grisalhos.Braços e dorso forte devia ter uns 45 a 48 anos.Seus olhos esverdeados eram profundos, misteriosos e até certo ponto, frios.Era um senhor jovem muito bonito de jeito sofisticado porém de uma rude masculinidade que me deixava atraído. Dois dias depois um estudante foi encontrado no lago. Suas roupas eram de Peter Pan.Estaria acontecendo de novo?Ele haveria voltado?...

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/Alenquer



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente