Já é assinante?
Esqueci a senha

 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Fetiche: O entregador de pizza peidou na minha calabresa

Como a maioria dos paulistas, também sou muito fã de pizza, principalmente quando o entregador é gostoso. Num sábado à noite estava de bombeira em casa e com uma tremenda larica. Pedi uma pizza para matar a fome, por volta da meia-noite, eis que surge um motoboy super simpático e gostosão. Houve uma troca de olhar inicial que já deixava claro que o cara topava uma luta de espadas. Depois do expediente, o motoboy colou no meu apê e a putaria rolou solta. Entre bregas e petiscos, rolava beijos e pegação.

O motoboy começou a mamar a minha rola parecendo um bezerro faminto, chegava até engasgar. Enfiei fundo o meu caralho na sua garganta, enquanto eu chupava e engolia o seu cacete também, isso foi me dando tesão e quando vi estava chupando, tendo a boca fodida por ele e fiquei de pau duraço mais ainda.

O boy tirou meu pau da boca e enfiou a língua no meu cu. Fiquei todo arrepiado e pedi mais, ele enfiava a língua e os dedos em mim, gemi feito um puto. Não resisti, e fiz o mesmo com ele, chupei o seu cu com tanto gosto que ele me pediu para lhe enrabar. Eu então afastei suas pernas, e coloquei ele de frango assado, e enfiei minha jeba grossa e quente no seu cu. A cabeçona foi arrebentando as pregas do boy, que por incrível que pareça, naquele cu já tinha entrado rola.

Fui enfiando tudo até o talo e o boy gemendo de dor e prazer. Parecia que eu ia partir aquele cu ao meio de tanto que fodia. Coloquei aquele macho gostoso de quatro e empurrei o pirocão no seu rabo sem dó. Empurrei com tudo que senti as bolas e os pentelho encostando na sua bunda. Comecei a bombear forte no cu do boy que o seu anel de couro foi ficando largo e começou a peidar.

Cada estocada era um peido, a sensação de ver aquele cu frouxo peidando foi me deixando louco. Falei pra ele rebolar na minha vara, até eu gozar bem gostoso dentro do seu cu. Não deu mais pra segurar, esporrei tanto naquele rabo que a camisinha quase estourava com o impacto. O boy também gozou gostoso, enquanto eu chupava seu cu que acabara de ser fodido. O boy peidou na minha cara e eu quase gozei outra vez. Dormir feito uma pedra e acordei com o boy chupando meu pau, a putaria recomeçou...

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente