Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Fetiche: Desejos de um macho

Faz tempo que to com vontade de me vestir de putinha.

Em um sábado a tarde eu tava sozinho, e resolvi entrar em uma loja de departamento aqui perto, fiquei passeando entre as ferramentas, pois sou macho, e acabei indo para sessão de roupas, e no setor feminino, comecei a observar as langeries, tomei coragem e fingi escolher algo pra minha mulher, então escolhi umas calcinhas com top, acabei pegando umas duas opções, e fui pro caixa pagar.

Escolhi um caixa que tinha um cara magrinho e alto, de pele morena e mais novinho.

Entreguei as peças pra ele cobrar, e vi no olhar dele uma cara de safado, ai ele perguntou se era pra uma gata gostosa , eu disse que ela ia ficar bem gostosa! ai ele falou que gostaria de ver ela com esta calcinha. Na hora fiquei vermelho , e ele percebeu . então ele falou que o horário dele acabava em dez minutos, eu meio que tremi, e só acenei com a cabeça. Ele disse me espera no estacionamento.

Fui pro meu carro , e em alguns minutos vi ele andando entre os carros me procurando , pensei em fugir , mas ele me achou e entrou no carro . E falou , anda vamos no motel aqui perto. Eu congelei e fui dirigindo sem pensar muito... mas o safado tava cheio de tesão e foi me guiando. Chegamos ao motel rapidinho e em alguns segundos estávamos no quarto.

Ai caiu a ficha. Eu tava com um cara desconhecido, em um quarto de motel com uma sacola de lingerie e comecei a sentir um tesão louco. Assumi o controle e falei que ia ao banheiro me arrumar. Tirei minha roupa e vesti uma calcinha que ficou bem atoladinha, e coloquei também um soutian que ficou muito gostoso, pois apertou meus peitinhos e eu parecia uma putinha.

Voltei pro quarto e meu safado tava sentado na cama, desfilei pelo quarto rebolando e sentindo aquela calcinha roçando no meu cuzinho, o meu tesão foi a mil, vi o mastro do cara crescer dentro da calça dele e me ajoelhei e tirei pra fora a pica dele. E ai vi que o cara magrinho tinha uns 23 cm de pica, humm que tesão.

Comecei a laber e o mastro enrijeceu como uma tora, fiquei punhetando e admirando, e só podia abocanhar e lamber e tentar engolir aquela maravilha .

O safado me girou e colocou de costas na cama, começou a me lamber todo, me deixando todo arrepiado. Ele foi até achar meus peitinhos que ele chupou gostoso. Ai foi procurando meu cuzinho pra lamber e meter a língua.

Nesta hora percebi que o cara era muito bom em sacanagens, eu ja tava me contorcendo de tesão, e ele começou a ajeitar aquela pica na porta do meu cuzinho. Este é um momento maravilhoso sentir o mastro de um macho forçando a portinha do cuzinho , anunciando o que esta por vir . Quem já sentiu não esquece, e depois que leva uma varada não vê a hora de sentir de novo.

O carinha foi forçando e ajeitando e eu rebolando ate que entrou tudo, me senti recheado com a tora de carne enfiada no meu cu, quase gozei na hora, mas resisti, pois queria que aquele momento durasse pra sempre . Meu macho começou a bombar forte, e fazer movimentos que chegavam a tirar o pau todo pra fora do meu cu , e antes que meu buraquinho fechasse, ele enterrava tudo de novo, me deixando louco.

Foi assim ate que ele anunciou o gozo, tirou a pica de dentro e me mandou abrir a boca, meio atordoado só obedeci, e minha garganta foi enchida de porra, engoli, lambi e abri de novo, e veio mais leite, encheu de novo, tinha um sabor agridoce, que a gente acostuma a gostar, engoli de novo ai fiquei chupando aquela cabeçona para saborear a porra que ainda escorria, fiquei assim até a tora começar a amolecer e eu perceber que tinha acabado.

Eu ainda tava de calcinha, pois o tarado só tinha colocado de ladinho, então ele me virou na cama e me deixou de quatro, com a bunda pra cima, pegou a calcinha e abaixou ate as minhas coxas, me segurou com as duas mãos, encaixou a pica meia bomba no meu cu e começou um vai e vem com a cabeça da pica enfiada no meu cu , é uma sensação maravilhosa, pois parecia que meu cu tava punhetando ele, e a tora acordou e foi inchando dentro de mim, um tesão, que o cara que sabe fazer deixa qualquer macho tarado em levar pica no rabo.

E foi assim até eu não aguentar e explodir em porra pra todo lado, e amolecer e me esticar na cama, com o tarado jogado nas minhas costas e ainda bombando, ele começou a meter com força e bem rápido, me arrombado.

Nessa hora eu só tava curtindo o momento até que o safado enche meu cuzinho de porra. Ai ele falou que era pra eu não esquecer dele... como se fosse possível esquecer uma foda dessas.

Ai eu falei: Não ficou gostosa a putinha com a calcinha?

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/hacom



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente