Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Fetiche: Fetiche por porra nos EUA - Parte 1

Esta história é verídica e aconteceu comigo na Flórida EUA (2015), quando eu estava com 23 anos de idade, hoje tenho 26. Sou branco, 1,81m 70 kg, bem dotado(21cm), bunda lisa, toda depilada e empinada. Sou viciado em duas coisas: sentir anal plug alargando meu cuzinho e engolir esperma!

Porém tenho pavor de doenças. Tive poucas experiências em engolir! Depois de 1 mês morando com conhecidos, decidi aceitar morar com 2 homens que trabalhavam no mesmo hotel, um de 39 e outro de 42 anos. Eu não sabia que eles eram ativos, nem desconfiava. Uma noite bebendo cerveja na cozinha perguntei: Vocês transam? Aqui tem saunas ou cabines de sexo? Eles me responderam direto: Se acostumamos com boquete e anal de quem quer ser passivo!!! "aqui nos EUA é difícil arrumar mulher, elas só querem gringos com grana, e a gente acaba ficando muito tímido por não falar inglês bem" responderam rindo!

Não perdi tempo, me declarei passivo e cheio de fantasias! Eles me pediram quais e eu disse que seria difícil realizar, pois tinha medo de doenças ainda mais nos EUA! Para minha surpresa eles disseram que isso não era problema algum. Bastava ir em qualquer farmácia comprar um teste portátil que tem 99,9% exatidão e que eles costumavam fazer isso!

u disse que eu queria muito... e para minha surpresa eles tinham mais 6 vizinhos ativos!!! Fiquei alucinado ao ouvir isso!! Disse que uma das minhas fantasias era engolir muito esperma ao mesmo tempo, de vários homens! "Não tem problema" eles disseram, mas você terá q comprar os testes se você quiser proteção e cada um custa 39 dólares!

Eu não me importo eu disse eu topo! E se vc quiser fazer anal sem camisinha, você terá que mostrar um exame mais detalhado para nós! Você que sabe... continuou... Ninguém ira comer você sem camisinha sem o teste! Eu topo sem problemas! Ia sair bem caro todos os kits mas valeu cada centavo! Tenho que confessar que ao conhece-los não gostei muito, pois nenhum deles era atraente de corpo ou rosto ,aliás o mais novo tinha 39 anos e o mais velho 45, porém todos saudáveis, ativos, pauzudos e sacanas com porra para me dar e era isso q eu queria!

Na casa da frente morava 2 paranaenses e um paulista e mais adiante 1 argentino com 2 baianos (8 machos saudáveis) nem imagina que iria realizar minha fantasia! Marcamos num sábado de manhã antes do churrasco. Pedi que viessem vestindo camisetas de time de futebol se possível e para minha alegria todos vieram de verde e amarelo menos o argentino que veio de azul e branco! O argentino tinha um pênis de 15 cm e sacos enormes, mas para minha surpresa a sua ejaculação era fenomenal! (outro dia conto como é )os outros 7 todos bem pauzudos, alguns barrigudos, outros peludos outros lisos...uma delicia.

Me posicionei no centro da sala de joelhos enquanto aquele monte de machos tiravam suas bermudas e cuecas, ficando só de camisetas! Esta cena não sai de minha memória nunca: 8 machos há mais de 3 dias sem gozarem punhetando na minha frente! Não conseguia dar conta de tanto pau, logo a sala ficou mais quente e com forte cheiro pau e mijo! Eu estava com o rosto ultra liso, bem barbeado (hj a laser) 1 a 1 foram gozando na minha boca antes de eu falar q iria engolir tudo de uma só vez, mas quando o segundo gozou o argentino, minha boca encheu que fiz sinal para o terceiro não gozar ainda, fiz um gargarejo com a porra dos 2 que duplicou o volume na minha boca que escorria aos lados da boca e acabei engolindo tudo.

A porra ficou na minha garganta e não descia de tão grudenta e grossa do argentino. O terceiro e o quarto gozaram bastante dai os outros demoraram um pouquinho a mais e enquanto isso eu ia fazendo uma gargarejo! Sentia a parte liquida descendo na garganta e a o grosso na boca! Quando o último gozou engoli tudo passei o dedo rosto para aproveitar as gotas e para minha surpresa o que gozou por primeiro já estava batendo uma dizendo que ia gozar de novo! Quando abri a boca o baiano morenão também gozou de novo. Só que no meu rosto!

Eles espalhava a porra com aquele pauzão preto e torto com porra branca! Eu estava nas nuvens! Todos vestiram suas bermudas e começaram a preparar o churrasco. Depois de voltar do banheiro lá fora um deles me disse: Depois do almoço você terá sobremesa de novo. Depois continuo...

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente