Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Fetiche: O amante da minha esposa descabaçou meu cu

Sou casado com uma mulher fogosa, liberal e muito puta na cama. Nossa relação é baseada no amor e na confiança, tanto que conheci o seu amante.

Já fizemos algumas brincadeirinhas juntos, mas um dia o seu amante apareceu de surpresa e para sua total decepção, ela não se encontrava em casa. Para não dar a viagem perdida, o Ricardo, resolveu ficar um pouco mais. Começamos a beber cerveja e falar putaria, isso ajudou o clima esquentar. Como a minha esposa estava na casa da mãe dela e ficaria durante o final de semana, convidei Ricardo para dormir. Ele aceitou e ficou muito a vontade, tirando a roupa, ficando só de cueca.

Eu estava muito extasiado com a desenvoltura de Ricardo e sem muita cerimônia partir pra cima dele e lhe tasquei um beijo na boca. Ele também retribuiu e me agarrou com tanta volúpia que meu pau deu sinal de vida.

Fomos para o quarto, ele me abraçou por trás, encostando o seu pau enorme e duro na minha bunda, aguçando a minha curiosidade de experimentar o que a minha esposa tanto gostava. Não resisti e caí de boca naquela vara cheia de nervos e comecei a chupar como se fosse um delicioso sorvete. Era a primeira vez que eu chupava um pau, embora já tivesse tido a experiência de comer o cu de outro macho.

Não estava conseguindo abocanhar a pica de Ricardo devido a sua espessura e tamanho. O cara era muito bem-dotado e sempre fazia a alegria da minha esposa. Enquanto eu tentava saborear a sua enorme rola, Ricardo chupava o meu cu me fazendo ir na lua e voltar. Sua língua no meu cu me dava tanto tesão, que pedir pra ele me foder gostoso.

Ricardo me confessou que sempre desejou um dia me enrabar, mas achava que isso nunca aconteceria. Falei pra ele que o meu cu ainda era virgem e talvez não aguentaria o seu pauzão dentro de mim. Peguei o KY e as camisinhas, lubrifiquei bastante o meu rabo e fui sentando bem devagar no cacete de Ricardo. Meu cu estava tão lubrificado que foi engolindo cada centímetro daquela rola até o talo. Mesmo sentindo muita dor, Ricardo conseguiu colocar toda a sua piroca na minha bunda, sem restar nenhum centímetro de fora. Fiquei sentado com a vara toda atolada no rabo até me acostumar totalmente com aquela situação.

Quando não reclamei mais de dor, ele começou a estocar o meu cu com tanta força, que me deu vontade de cagar. Ricardo me colocou de quatro, socou tanto a minha bunda que me fez peidar no seu pau. As suas socadas estavam me causando tanto desconforto abdominal que eu acabei cagando de verdade.

Fomos para o banheiro, trocamos a camisinha e ele me fodeu outra vez dizendo que estava adorando tirar o cabaço do meu cu.

Gozamos gostoso e desde esse dia ele passou a ser o meu amante também.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente