Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Fetiche: A Decisão da vida de Gamuel

Era uma casa, onde moravam 4 homens, todos adoravam sexo, mas apenas 1 deles, era passivo, e depois de uma transa a 4 um deles tomou a grande decisão. Naquele momento em que ele termina de socar a piroca dentro do meu cu, Roberto tomou a decisão de ficarmos juntos para sempre e sermos só nós quatro, Gamuel, Fred, Roberto e Gabriel. - Então quer dizer que será assim? Ficaremos juntos para sempre? Perguntou Gamuel. - Sim, vamos meter para sempre nesse cu que é tão gostoso e não conseguimos ficar sem. Disse Roberto. - É isso mesmo Gamuel, vamos trepar em você para sempre, quando a gente chegar em casa, receba a gente nú, e cada um vai comer você, quando estivermos tristes nos console. Disse Gabriel. - com certeza vou estar nu quando chegares em nossa casa, estarei com o cu para cima e deitado de quatro esperando vocês chegarem na nossa casa. Disse Gamuel.

Então já estava acertado como seria a nossa casa e a chegada de cada um em casa. Um dia logo após o acordo isso tudo aconteceu. E foi assim mesmo, cada um que chegava em casa, la estava Gamuel de quatro nu no sofá esperava que os três chegassem e assim aconteceu, Fred chegou primeiro e meteu pra valer até que meu cu começou a vazar a porra que ele estava estocando dentro do meu rabo e quando ele tirou o pau do meu cu, lambeu a porra que saia do meu cu e eu gemia e queria gritar, mas ele não deixava eu gritar de prazer.

Em seguida chegou Roberto que pousou com a piroca dentro do meu cu e me apertou contra seu corpo e com selvageria, comia meu cu e foi comendo até que gozou como um boi, e depois também lambeu meu cu, quando tirou o pau do meu rabo, e neste instante eu chupava Fred e mamava com vontade, ate que ele gozou na minha garganta, limpei a vara dele e foi tomar banho e ele batia punheta dentro do banheiro

Até que Gabriel chegou e Gamuel estava nu no sofá e chegou com vontade, e meteu a piroca com vontade que foi ate a porra dele amaciar meu cu com muito carinho e ele revirar os olhos e eu esporrar Roberto na minha garganta e cheguei a limpar o pau dele, e em seguida foi para o banheiro e começou a bater punheta com vontade que da sala começamos a escutar sua voz grossa e cheia de vontade de gozar.

Depois de Gabriel tirar o pau do meu rabo, ele lambeu meu cu e depois me deu o pau para eu chupar e então mamei, e ele então gemia e bufava com tanta vontade que parecia que ele iria chorar, mas com prazer aguentou firme e foi até que então ele gozou de novo e gamuel deixou o pau de Gabriel limpo.

Gabriel levou gamuel para o banho e pediu que ele lhe batesse sua punheta e já louco de tesão, gamuel continuou a bater punheta para Gabriel que não demorou muito para a porra vir a tona e gamuel colocou na boca e começou a engolir a porra que Gabriel soltava.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente