Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: O vizinho da minha mãe queria me fuder

Oi, esse é o meu primeiro conto e gostaria de contar o que aconteceu comigo a 6 meses atrás. Tenho 22 anos, sou mulato, 1.65alt, 65 kg, olhos castanhos escuros e cabelo preto. Moro em Santa Maria/RS.

Certo dia fui visitar a minha mãe, cheguei na casa dela e notei uma agitação incomum. Um vizinho tinha acabado de se mudar, vamos o chamar de André (nome fictício).

Minha mãe então me pediu pra mim ir ao supermercado, quando estava saindo de casa. Encontrei com o vizinho novo. Me apresentei e ele também. Senti que rolou um clima, mas não deixei passar. Voltando pra casa, encontro com ele novamente. E ele me oferece ajuda com as sacolas, no começo não quis aceitar, mas não adiantou muito, ele pegou as sacolas e levou pra mim até em casa. Minha mãe ficou agradecida e o convidou pra almoçar com nós. Ele ficou se fazendo, mas acabou aceitando, disse que quando o almoço estivesse pronto era pra chamar ele, pois ele ainda tinha muita coisa que arrumar em casa. Minha mãe então resolveu me oferecer a ele como ajudante, meio sem graça aceitei. Chegando na casa dele, num clima meio estranho, pois pouco nos falávamos, ele foi pro quarto trocar de roupa. Mas algumas das malas dele estavam em outro cômodo da casa e ele pediu que alcançasse. Quando entrei no quarto, ele estava apenas de cueca. Dei uma olhada e disfarcei, mas ele percebeu. Fiquei pensando naquele macho de cueca na minha frente (André tinha 28 anos, moreno, aproximadamente 1.80 alt, olhos e cabelo castanhos, deveria ter uns 19 cm de pau, era realmente muito bonito).

Estava ajudando a desempacotar as caixas, quando ele chega por trás e roça o seu pau duro na minha bunda e diz.

- Diz que não está com vontade? Desde a hora que te vi fiquei num puta tesão só de ver essa tua bunda empinadinha.

Meio assustado, quando me virei pra responder ele me deu um beijo. Meu pau endureceu na hora. Me abaixei e comecei a chupa-lo. Acariciando suas bolas, ele começou a gemer e quando ele estava quase gozando ele tirou seu pau da minha boca e gozou na minha cara. Fui no banheiro me limpar, ele vai atrás de mim e me diz. - Parece que isso não foi o bastante nem pra mim e nem pra você.

Ele começa a me beijar novamente e vamos nos beijando até o quarto, ele me coloca sobre a cama e começa a tirar a minha roupa. Vai beijando a minha barriga até chegar ao meu pau e começa a chupá-lo. Cara, que tesão, acho que foi a melhor chupada que eu já ganhei na vida. Ele então me vira e começa a beijar as minhas costas e desce em direção a minha bunda e dá leves mordidas nelas até que abre e começa a chupar meu cuzinho e diz.

-Delicia de cuzinho apertado, vou te arregaçar hoje.

-Sou todo teu. (Foi meio brega, mas falei.)

Depois de receber uma deliciosa língua no meu cu ele deitou e eu fui sentando lentamente no pau dele, ficamos nos beijando até meu cuzinho se acostumar com o tamanho daquela rola. Passado alguns minutos comecei a fazer um movimento bem de leve e que foi aumentando cada vez mais, ficamos nisso por um tempo, depois ele me colocou de quatro e começou a bombar e socar no meu cu, gemíamos juntos, quando eu não aguentava mais e já estava quase gozando ele tirou seu pau e gozou sobre a minha bunda. Gozamos juntos. Então nos beijamos e fomos pra um rápido banho e fomos pra casa da minha mãe almoçar.

Repetimos mais algumas vezes, mas depois ele começou a namorar e eu não quis mais.

Espero que tenham gostado.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

11/10/2016 22:20:10 - Adorei. quero um vizinho assim. abraços...

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente