Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Um coroa insaciável

Tenho 51anos atualmente estou separado, isso por que também gosto de homens ai preferir levar minha vida sem compromisso com o casamento embora ele já -durasse mais de vinte anos.

Sou bem discreto não gosto de gorotos, curto muito um coroa como eu ou de mais idade. Com uma inscrição mim site de relacionamento recebeu uma msn de um coroa de 69 anos. A princípio fiquei um pouco receoso e não respondir. Mas as mensagens continuaram a chegar. Então resolvi responder, e pra minha surpresa ali nos escritos já rolou uma certa Química.

Ele é de uma cidade vizinha, resolvemos nos conhecer. Marcamos e no dia fui busca-lo no local combinado. Pra minha surpresa apareceu um belo porte apesar da idade. Meu cacete naquela hora palpitou de tesão, pois aquele coroa tinha realmente despertado uma vontade louca para trasar logo. Chegamos na minha casa pois havia combinado de recebe-lo já que estou morando sozinho. Quando eu abrir a porta mal tínhamos entrado ele pegou no meu braço e nos beijamos por uns minutos. Escapando das suas mãos fui ao banheiro para fazer xixi.

Quando voltei ele só estava de cueca sentado no sofá. Como já havia quebrado o gelo, eu já estava de pau meio duro, foi quando ele abriu minha bermuda e tirou meu cacete e já foi abocanhando e só deixava os sacos de fora. Com muitas pegadas paguei na bunda dele com as duas mãos e comecei esfregar o dedo no cuzinho o que fazia com ele desse gemidos ja querendo ser penetrado. Levando ele pra cama o empurrei e deixei na posição de frango assado comecei a línguas aquele cuzinho rosadinho que mais parecia uma flor desabrochando. Cada linguada era um gemido que ele dava.

Depois de muitas chupadas, linguadas ele pediu que matasse logo senão ele iria ficar louco. Já com o buraquinho todo lubrificação de tantas linguadas comecei a botar a cabeça fe minha rola naquele cuzinho piscando querendo rola.

Quando a cabeça havia entrado o coroa deu um gemido tamanho que até acho que foi ouvido pelos vizinhos. Comecei bombar cada vez mais rápido pois o coroa de maneira insaciável peeia mais até que eu colocasse os cunhões. Nesse vai e vem anunciei que já estava perto de gozar foi quando ele tirou minha pica de seu cuzinho e começou a mamar freneticamente. Não aguentado mais aquela boca macia e quente no meu cacete comecei a jorrar porta na boca dele. Acabou bebendo tudo é chupava tirando tudo que podia. Extasiados de cansados recuperamos um pouco, tomamos um banho, fizemos um lanche e lá vamos começar tudo outra vez....

Mas aí contarei depois se vcs gostaram de meu encontro com o coroa insaciável.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/lino1000



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente