Já é assinante?
Esqueci a senha

 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Foda em Natal

Era o ano de 2012. Teria um que ir a um encontro de trabalho em Natal-RN. Dias antes da viagem mudei meu perfil no disponível para lá e não deu outra, logo comecei a receber mensagens. Uma delas chamou minha atenção, era de um leke de 23 anos, começamos a conversar no skype com câmera aberta.

Ao chegar lá liguei para ele, marcamos que iria buscá-lo em sua casa no final da tarde, havia alugado um carro. Ao buzinar no portão fui recebido com um belo sorriso. Ele entrou no carro e arranquei, começamos a papear e fomos a um restaurante. De lá fomos direto ao meu hotel.

Eu, 47 anos, ativo, malho pesado, peitoral e braços grandes, 88kg bem distribuídos em 1,78m com 17x4,5cm e ele 23 anos, magro, da minha altura, com uma bela bunda bem arrebitada.

Ao entrarmos em meu quarto do hotel, nos beijamos muito, comecei a despi-lo, tirando meu jeans. Não uso cueca, o levei para cama, comecei a foder sua orelha com minha língua, roçando a barba em eu pescoço, mordiscando sua orelha, depois o coloquei de frango assado, abri suas pernas e comecei a penetrá-lo, meti e cabeça do meu pau e parei até ele se acostumar, fui penetrando com pequenas bombadas até meter tudo, quando comecei a bombar forte, ouvindo seus gemidos, mordiscando seus mamilos. Ao sentir que estava prestes a gozar, parei, tirei o pau de dentro dele e deitei com a pica empinada, para ele sentar e começar a galopar. Ele sabia o que fazia, apertava meu pau dentro dele como se o fosse arrancar, gozei e o enchi de minha porra.

Ficamos abraçados na cama nos beijando e depois fomos tomar um banho, no chuveiro ele ajoelhou e colocou meu pau na boca, alternando com meus culhões, chupando com vontade; o levantei pelos cabelos, o coloquei de frente para a parede, encaixei o pau e comecei a estocar, cada vez mais forte, até ouvido gemendo e gritando que que estava gozando pelo cu, sem pegar na pica. Gozei bem forte, vendo minha porra escorrer por suas coxas peludas.

Voltamos para cama e o fodi de todas as formas até gozar pela terceira vez. Dormimos de conchinha, eu encaixado na bundinha dele, acordei mais cedo e o despertei com minha vara duríssima tentando rasgar suas últimas pregas.

Foram 4 dias de foda direta, acabamos namorando por quase dois anos.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/Topsafado



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente