Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Um dia quente - parte 1

Era uma tarde de sábado, quente, muito quente.

Eu havia comprado um novo aparelho de DVD, e tinha alguns discos que não estavam rodando.

No domingo anterior fui até o Mercado Municipal para fazer as compras para a semana. E encontrei um rapaz em uma banca que eu sabia que mexia com o assunto.

Falei com ele e ele me disse para passar o endereço que no próximo sábado a tarde iria até meu apto para ver.

Já o conhecia e não tive nenhuma dúvida... passei o endereço e combinei com ele.

E agora estava eu... esperando que ele viesse. Aquele calor horroroso.

Eram quase cinco horas quando toca o interfone. Era ele.

Autorizei a entrada e fui abrir a porta. Para minha surpresa ele estava acompanhado por um outro rapaz.

Isso ocorreu em janeiro de 1999. Eu então com 41 anos. Peludo. 74 quilos. 1,77 de altura.

Um cara normal.

Ele, Junior, 24 anos, 1,78, 70 kgs, peludo.

O amigo, Bruno, 19 anos, aproximadamente 1,70, 65 kgs, quase sem pelos.

No cumprimentamos. Ofereci uma bebida. Aceitaram água.

Enquanto Junior mexia no aparelho e fazia as configurações, Bruno andava pela sala curioso... Mexia nos DVDs.... CDs e revistas que estavam em um porta revistas.

No meio tinha uma G magazine. Ele pegou a revista, folheou e olhou para mim com um sorriso maroto. Seu olhar era de desejo. Tesão.

Silêncio.

Junior continuou mexendo no aparelho e suava, ofereci uma cerveja.

Fui até a cozinha, enquanto abria a geladeira para pegar a cerveja senti Bruno atrás de mim.

Me abaixei para apegar as cervejas... ele aproveitou e deu uma encochada... senti seu pau duro, dei uma mexida com a bunda...ele encochando mais forte disse:

- Delícia!!!!

Continuou sarrando.Peguei as cervejas. Dei uma para ele. Fomos para a sala.

Junior tinha terminado e colocava alguns DVDs no aparelho fazendo testes.

Estava tudo certo. Só dois não rodaram por serem de região diferente da utilizada no Brasil.

Enquanto sorvia a cerveja gelada disse:

- Pronto... tudo certo... já pode ver seus filmes...

- Legal cara... que maravilha, agora posso me divertir! - Respondi.

Bruno se aproximou, agarrou meu pescoço e puxando minha boca próxima a dele disse:

- Conheço diversão melhor!

Junior se assustou, coloca a mão no ombro de Bruno dizendo:

- Que que isso mano? Tá maluco?

-Tô maluco sim... maluco pra esse viadinho mamar minha rola. E tenho certeza que ele também tá doidinho pra mamar.... não é não? Perguntou, dando um beijo de tirar o fôlego.

Correspondi ao beijo... já levando minha mão à virilha dele... apertando.

Junior olhava surpreso.... e rindo disse:

- Se é assim eu também quero.... adoro uma putaria a três...

Já tirando a camisa, ele foi para atrás me sarrando... mordendo meu pescoço enquanto Bruno me beijava.

Em segundos estávamos pelados... a roupas eram jogadas ao longe.

Eram três homens! Cheios de desejo! De tesão!

Todos com os cacetes duros. Eretos. babando.

Todos os três juntos num verdadeiro esfrega esfrega.

Quente... a sala já quente ficava mais ainda. Pegamos mais cerveja.

Entre goles de cerveja gelada, beijos e chupões.... começamos a trepada.

Eu sabia que teria duas rolas deliciosas só para mim.

Meu cu piscava.... ansioso... desejoso...

Era só o começo!

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente