Já é assinante?
Esqueci a senha

 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Vigia da obra me fodeu gostoso

Eu morava perto de uma obra, um prédio de três pavimentos, eu passava todo dia na frente, rumo à padaria, e ficava observando um servente, bem moreno do sol, forte, com idade aproximada de 47 anos, ele normalmente trabalhava de shorts e camiseta, sendo que assim dava para ver o tamanho do pacote que balançava entre as pernas. Como eu precisava de fazer uma restauração de pintura em minha casa, pensei em pedir se o rapaz podia fazer um bico em casa. Quando eu saia na rua normalmente vestia um shorts de malha bem largo e usava sempre uma calcinha de renda vermelha enfiada no rego, massageando o cuzinho e como meu pau é bem pequeno não atrapalha nada a calcinha enfiada na bunda, eu adoro calcinha, tenho coleção.

Peguei o pão e me dirigi ao rapaz: - oi, boa tarde, meu nome é taludo e eu gostaria de saber se você faz bico de final de semana.

- Faço, depende do que é

- É só pintar 4 paredes

- Tudo bem, você mora perto?

- Na rua de baixo

- Certo, meu nome é "lagoa", apelido por ser de Alagoas, nome mesmo é Severino

-Certo "lagoa"

- Faz o seguinte volte 5 horas da tarde e a gente resolve tudo, eu moro no barraco ali e cuido da obra, tá legal.

- Sim, volto à tarde.

Saí todo feliz por ter marcado uma volta, e fui todo rebolando e com meu pintinho duro, e já fui imaginando tudo aquilo na minha cara.

Ao chegar, por volta de 17:30 ele me recebeu no portão e passou a corrente com cadeado, e fomos descendo para o barraco dele, ao chegar, vi tudo muito rústico e simples, uma cama feita de madeiras cruas, um colchão grande por cima, uma mesinha e 2 banquinhos, uma tv em cima e um pequeno banheiro, porém tudo muito limpo e até cheirava gostoso.

- Fica à vontade que vou tomar um banho

- Fique à vontade, eu espero

Fiquei vendo as coisas ali, corria os olhos nas roupas e havia também uma pequena geladeira, a qual não abri. Ele saiu todo molhado e vestindo um shorts bem largo e curtinho, quase não escondia o sacão dele e seu pau.

- Pronto, agora sim tou gostoso, como é bom esse banho

Ele puxou o banco e sentou na minha frente e abrindo a perna, deixou escapar aquele monumento, fabuloso, alucinando meu cuzinho que não parava de piscar, o pau dele devia ter uns 15cm e a cabeça tinha a pele cobrindo metade da glande, ui que delicia, e ele percebendo abria mais as pernas, o menino começou a crescer e ficar pulsando.

- Você não veio aqui só pelo serviço né, veio me tirar o atraso, coisa que não faço a tempos

- Bem esse seu cacete me deixa louco. e falando isso fui lambendo a cabeça, o saco, tirei o shorts dele e o meu ficando ele peladinho e já todo suado, e eu só de calcinha, vermelha claro.

Chupava com força e me deliciava com aquele cacetão enquanto ele gemia e pulsava por todo corpo, ele gritava: -chupa tudo putinha, chupa gostosa. Eu lambia tudo, ia até o saco e engolia as bolas e beliscava os pentelhos. Ele me pôs de quatro pois a calcinha de lado e enfiou a língua toda dentro do meu cú, era bem forte e áspera, eu estremecia todinho, - poe esse cacete no meu cú Lagoa

E assim ele pôs tudo, e começou a estocar bem forte e gemia alto, assim como eu, comecei a mudar de posição, fiquei de frango assado, fiquei de frente, fiquei com as mãos na cama enquanto e me enrabava em pé, até que gemendo alto gritou: -Vou gozarrrrrrrr

Eu senti aquele caralhão inchar e encher meu cú de porra, ele tirou o pau de dentro, ainda duro feito ferro, e pois na minha boca pra desfrutar do restinho de porra, nossa, esse gosto de algo ácido e cheiro cloro, alvejante, afffi que delicia.

Ele deitou de um lado e eu do outro, não falamos nada e acabei dormindo ali, o resto conto depois. Até Taludo. Obs:. "Taludo" vem de bunda grande, ganhei esse apelido quando era pequeno e dava para os moleques na linha do trem.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/taludotarso@outlook.com



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente