Já é assinante?
Esqueci a senha

 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Bombeiro casado safado

Tenho 32 anos, magra, 1,70, corpo escultural de academia, bumbum durinho e seios pequenos. Ele tem 41 anos, 1,76, corpo bacana, meu nome vai ser Carla, claro que não é esse, o dele vou chamar de Pedro, a gente se conhece há mais de 10 anos, ficamos a muito tempo atrás, e cada um seguiu seu caminho, hoje ele é casado e trabalha no Corpo de bombeiros, moramos em Itumbiara e eu trabalho numa Usina daqui também, tenho namorado.

Em 2017 nos reencontramos e voltamos a ficar e em 2018 começamos as loucuras, ele tem um Cacete lindo, de aproximadamente 20 a 21 centímetros, o tamanho é maravilhoso, me preenche completamente, no dia 21 saímos como sempre pra ficar, mas dessa vez foi diferente, eu levei um vibrador, meu pinto amigo, e logo que chegamos tirei a bermuda dele e já caí chupando o cacete dele, parece que o mundo iria acabar do tanto que chupei, nisso ele perdeu a paciência e tirou minha roupa e sem pedir já foi metendo em mim, entrou rasgando, mas o pior ou melhor estava por vir, enquanto metia na minha bucetinha, toda depilada, falava besteiras no meu ouvido, tipo, imagina outra pica em você, imagina dois machos metendo em vc, sua putinha e do nada ele tirou o pau da bucetinha já completamente molhadinha e colocou rasgando no cuzinho, doeu demais, mas quanto mais doía mais eu amava aquele homem colocando seu peso em cima de mim e metendo de acordo, quase chorava de dor e tesão, mas não queria parar de jeito algum, quando a dor estava passando ele pegou o brinquedinho e começou a enfiar na bucetinha, foi minha primeira vez com um cacete atrás e uma vibrador na frente, era um tesão fora do comum, queria congelar aquele momento, queria ficar ali pra sempre, vendo aquele macho gemendo em mim e o brinquedinho vibrando dentro, além do tanto de putarias que ele me falava, era demais, perfeito, demorou uns 15 minutos e então empinei mais ainda minha bundinha e comecei a rebolar com tudo naquela pica gostosa e então ele gozou, enchendo meu cuzinho todo de porra, caímos cada um pra um lado, mas esperei pouco tempo e comecei a chupar ele novamente colocando toda minha boca naquela pica e passando a língua sem parar e rapidamente ele montou em mim novamente, como um cachorro monta numa cadela, foi demais, ele bombava na minha bucetinha que parecia que iria me atravessar e quanto mais fazia, mais ele bombava e ao mesmo tempo pegava no meu cuzinho, chupava meus peitinhos com gosto e ficava pegando no bico deles eu ia a loucura , foi maravilhoso chegava a sentir os seus sacos batendo em mim e quanto mais ele falava putarias no meu ouvido mais eu amava, mas eu sentia prazer, subia um frio na minha barriga de tanto tesão.

Dentro da minha bucetinha esquentava tanto que foi demais, quando ele anunciou que iria gozar, ele gemeu alto e me apertou tanto que fiquei sem ar, ele simplesmente explodiu dentro de mim dava pra sentir sua porra dentro de mim, mas esse é o recomeço de nossa história....

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente