Já é assinante?
Esqueci a senha

 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Alemão na sauna de Joinville

Tesão quando acumula, doe demais. Viajando pra Joinville, terminei serviço as 13.00h. Livre, pensei e ir numa sauna e curtir o final de tarde. Lá, poucas pessoas, devido ser meio de semana. Alguns pares, outros sozinhos.

Observei um cara alto, tipo alemão, que olhava todos nos olhos e na bunda. Sentei ao lado dele na sauna seca. Ambos tomando cerveja. Então o papo foi rápido.

- BOA TARDE.

- Boa tarde. Tudo bem?

- SIM. TENTANDO RELAXAR PARA SEGUIR VIAGEM. E VOCÊ?

- Curtindo uma sauna. As vezes é preciso sair da rotina.

- E QUANDO SAE? O QUE GOSTA DE FAZER?

Diretemente ele respondeu:

- Comer um cu.. esposa não dá.

Me enchi de tesão. Um Alemão daqueles, suado, tarado por um cu e eu ali, louco por rola.

- SERÁ QUE FAÇO TEU TIPO?

- Se chupar e der, sim. Se quiser, vamos ao reservado.

Automaticamente, me levantei e segui para o andar de cima e encontramos um reservado livre. Sentei na maca e fiquei aguardando ele tirar a toalha. Um Alemão grande e de pau condizente também. Poucos pentelhos. Já meia bomba...

Sem frescura, puxei ele pra perto de mim. Ele de pé, eu sentado. Altura de pau na boca.

Comecei a chupar a cabeça e aos poucos fui colocando todo na boca.

Chupei o cacete enquanto ele segurava minha cabeça e forçava umas estocadas.

As vezes, me afogava, parava, olhava pra cima e via o alemão feliz. Voltava e chupava de novo aquele cacetão duro. Descia até as bolas, subia até a cabeça. E assim, eu fiz por muitos minutos.

- Agora que comer seu rabo.

Peguei a camisinha e coloquei no pau dele... Chupei de novo para deixar bastante molhada.

Me virei, fiquei de quatro com a bunda fora pra fora da maca.

- Que bunda bonitinha... Lisinha... tesão. Falou meu alemão, se agachando pra passar a língua quente dentro do meu rego.

- PUTZ, QUE TESÃO. ME FODE...

- Com força ou devagar?

- COM TESÃO. FAÇA EM MIM, O QUE NÃO FAZ NA TUA MULHER.

Levei um tapa bem dado na bunda, e posicionou o pau na porta do cu.

- DEVAGAR, POR FAVOR. SÓ ISSO.

A cabeça do pau foi entrando no cu. Ardia, mas eu gostava. Rebolei um pouco e mais um pouco foi entrando. Alemão sabia fazer sexo. Tirava o que tinha colocado e depois colocava um pouco mais. Assim, o final daquele cacete chegou a porta de meu rabo, deixando as bolas pra trás.

- Rebola gostoso agora.

- REBOLO SIM, MACHO GOSTOSO. FODE GOSTOSO.

Ele colocava e tirava. Eu apertava e afrouxava o cacete.

Assim, por bons e muitos minutos, senti aquele alemão, me preencher cada centímetros do rabo.

- Me cavalga?

- DEITA AQUI ENTÃO.

Subi na ponta do grande caralho e desci bem devagar, admirando aquele corpo branco tremendo e segurando minhas ancas. Me puxava pra baixo, eu subia e ele me fazia descer...

- QUE TESÃO, ALEMÃO... FODE GOSTOSO.

- Você tem um rabo delicioso. Rebola mais.

E eu rebolava tudo. Comecei a tremer as pernas. Comecei a suar mais que normal. O tesão subiu a cabeça e eu sabia que um pouco mais eu iria explodir num gozo interno.

- ALEMÃO, VOU GOZAR PELO RABO... SOCA MAIS... SOCA MAIS FORTE... FODEEE...

Deitei a cabeça no tórax dele e com o pau dentro de meu cu, gozei feito louco. Esse gozo interno pelo cu, sem gozar pela frente... Só quem teve, sabe como é... Delicia...

- Delicia, que gostoso... Agora quero gozar pra vc...

- ESCOLHA ONDE... Falei quase sem fôlego e ainda com o tesão a mil.

Pediu pra eu deitar de costa na maca. Rapidamente obedeci, ele me colocou de frango e abri o máximo das pernas que pude.

Antes de enfiar seu cacete em mim, ele baixou um pouco e passou a língua no rabo... EU tremia de tesão... Implorava pelo pau que já estava amando.

- Segura meu carvalho, sua vadia...

Botou a cabecinha e sem resistência, foi colocando tudo até descer seu peso nas minhas coxa...

O alemão estava dentro de mim, socando cada pedaço daquele pau... Eu queria sentir ele gozando e comecei a rebolar devagar, apertar o pau com meu cu e gemer gostoso...

- VEM MACHO, SOCA PRA GOZAR GOSTOSO. VOCÊ TREPA MUITO BEM... GOZA BASTANTE.

Senti o alemão tremer e sabia que ele ia gozar. Eu também estava pra ter o segundo gozo no rabo de tão bom que estava a trepada, a posição, o pau dentro de mim.

Rapidão, sem que eu pudesse reagir, ele tirou o pau, sacou a camisinha e enterrou o pau a pelo no meu rabo. O calor do pau me fez ficar ainda mais louco. Gemi gostoso e senti o pau dele inchar e soltar porra dentro de mim... Enquanto gozava, socava sem dó. A porra escorria do cu e ele empurrava com o pau de novo. Virou loucura aquilo. Finalmente, ele se deu por vencido. Parou, ficou me olhando e foi saindo de dentro de mim.

Olhamos um ao outro por mais alguns minutos e saímos do reservado. Cada um pra um canto.

Tomei meu banho e esperei voltar ao normal meus sentidos.

Sai da sauna quase às cinco da tarde.

Viajei de volta pra Curitiba, sorrindo e meu rabo ardia de felicidade lembrando do alemão gostoso.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente