Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: O coroa que bota qualquer garotão no bolso

Um certo dia estava acontecendo uma reunião na empresa que eu trabalhava no auditório e estavam participando da reunião pessoas de outros órgãos. Eu estava na frente operando o computador com a apresentação da reunião e em frente a mim estava um velho de mais de 60 anos muito alto (1,90m) e magro. Ele olhava pra mim com uma cara de vagabundo e começou a mexer na pica dura esticada na coxa por baixo da calça jeans sem cueca.

Eu olhava para ele e sentia um mixto de tesão e medo por ele não disfarçar e alguém perceber. Fui ao banheiro e ele foi atras ja com a caceta dura me colocando para chupar. Quando de repente entra um senhor que trabalha comigo e por pouco pegou a gente no flagra e provavelmente percebeu o que estava acontecendo. Acabou a reunião e eu estava na minha sala trabalhando quando de repente toca o meu telefone e era a secretaria da empresa me pedindo para acompanhar um senhor que precisava procurar um pendrive que esqueceu no auditorio. Cheguei na recepção, cumprimentei ele e fomos ao auditorio! Tranquei por dentro e ele ja estava de pau duro para fora. Dei uma chupada e chamei ele para ir pra sala de reunião ao lado que tinha um banheiro e era mais seguro. E pica dele era muito perfeita... enorme, grossa, cabeça linda, cor linda, desenho das veias e dura feito pedra! O tesão era muito e eu empolgado engoli o pau dele até o talo e imediatamente sem me avisar nada eu senti uns jatos fartos de porra atirar la dentro da minha goela.

Ele era muito feio e velho! Ja foi bonito um dia! Tinha o rosto envelhecido mas uma pica deliciosa, linda (a mais bonita que conheci) e muito grande e muito grossa! Ele voltou mais duas vezes na empresa dizendo que precisava de um arquivo que estava no computador e eu acompanhei ele e mamei até ele gozar novamente na minha boca e eu beber a porra dele... Depois de alguns meses eu estava na porta do prédio onde eu trabalhava e ele estava passando, voltando do almoço e parou para me cumprimentar então convidei ele para subir e novamente mamei ele até ele me dar porra na boca. A porra dele era muito farta e uma delicia!

Se passaram quase um ano e um certo dia eu estava num estacionamento que tem em minha cidade com muito tesao querendo foder e então para um carro do meu lado e quando abriu o vidro era ele!

Eu não sentia tesao nenhum em dar o rabo para ele, mas convidei ele para entrar no meu carro para dar uma mamada nele! Ele entrou na mesma hora e no meio da mamada ele me pergunta: quando é que você vai me dar o seu numero de telefone para a gente combinar uma foda gostosa pra eu te comer gostoso no motel? E eu respondi sem nenhum desejo que um dia a gente combina e voltei a chupar ele que era o que eu queria. No meio da chupada ele novamente me interrompe e diz: eu quero muito lhe comer gostoso, sei usar direito a ferramenta grande que eu tenho. Esta semana peguei um menininho rabudo e safadinho que dei uma surra de pica que foi ao delírio! Peguei ele assim ó! (E fez o movimento com o corpo demonstrando pra mim como foi).

Eu sou muito vagabundo e na mesma hora fiquei com um tesão irresistível no rabo e abaixei os bancos do carro e tirei a bermuda e virei de costas pedindo para ele roçar com a pica no meu rabo.

Ele me acendeu um fogo inexplicável no cu e meu tesão era de dar para ele sentindo o calor da jebona grossa e quente escorregar dentro de mim e comecei um jogo de sedução.

Mandei ele passar cuspe na pica para roçar em mim e roçando o pau babava e misturava com cuspe fazendo deslizar deliciosamente em mim!

Quando estava com a cabeça toda dentro de mim ele tirou falando que ia colocar a camisinha para me comer e eu falei para ele que não, que eu não ia dar o rabo para ele dentro do carro!

O pau dele aos poucos ia entrando mais e emperrava pq precisava de mais cuspe e eu tirava de dentro de mim e falava que estava emperrando para ele cuspir mais e ele falava que ia vestir a camisinha e eu não deixava falando que ele so ia roçar.

Até que uma hora estava mais da metade enfiado e eu mandei ele cuspir mais e ele disse: ja to com mais da metade do pau enfiado em você, vou colocar a camisinha e eu falei: você não vai me comer aqui! Se continuar falar que vai me comer vamos parar por aqui!

Cospe mais que esta me assando e quando olhei pra trás ele estava espalhando cuspe até o talo e enfiou toda dentro de mim escorregando deliciosamente e me fodeu sem dó até encher meu rabo de leite.

Depois deste dia trocamos contato mas nunca rolou uma foda no motel!

Até que eu comecei a morar sozinho e chamei ele para minha casa e ele me comeu na minha casa!

Nas primeiras 3 fodas ele queria colocar a camisinha e eu seduzia ele para ele me comer na pele e ele sempre gozava no meu rabo!

Hj sempre que estou com fome de pica eu procuro ele e ele prontamente vai ao meu encontro me foder! Sempre realizamos varias fantasias e falo abertamente que quero dar o cu pra ele sem capa e na pele e que eu quero ficar o dia inteiro com o rabo depe cheio de porra e quando eu boto pra fora sobe o cheiro forte da porra dele e que eu fico com tesão e gozo lembrando da foda! Eu chamo ele de vagabundo da pica gostosa que me deixou viciado! Eu bato na cara dele e ele na minha e na nossa ultima foda ele entrou na minha casa e eu empurrei ele pro quarto e tirei logo minha roupa toda e mandei ele tirar logo a dele e quando ele ficou nu e a caceta tava durona eu mandei ele passar cuspe logo que eu não ia nem chupar, eu tava com muita fome e ia logo cavalgar! Sentei logo na cacetona dele durona babado e fui colocando dentro de mim até entrar até o talo e então fui cavalgando cada vez mais forte até socar com muita força e ele gozar dentro de mim, recebendo prazer dado pelo meu rabo sem precisar fazer esforço! Outra vez ele me socou de quatro e gozou muito rápido, me deixando com fome de pica ainda pedindo pra ele mais uma rodada e ele dizendo que não podia pq a esposa estava ligando para ele! Eu abri as calças dele com força e fiquei mamando ele e pedindo mIs pica, deixando ele de pau duraço na mesma hora, então com o rabo ja lubrificado cheio de porra da primeira gozada eu encostei na cabeça da pica dele de quatro e comecei e comer a pica dele novamente até ele bombar em mim e gozar no meu rabo!

Ele é velho e feio e eu sou um cara pinta, mas vou foder com ele pra sempre! O tesao que sinto por ele é muito bom! E a pica e a metida dele eu acho que nunca vou experimentar!

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/Carabassa



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente