Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Dominado pelo pecado

Bom....Essa história realmente aconteceu comigo. Sempre fui um rapaz temente a Deus, nascido e crescido no evangelho, minha vida era de casa para igreja ,da igreja para casa, passava o dia cantando e orando a Deus....

Certo dia, desempregado, estava meio atordoado, então fui caminhar. O sol estava castigante e eu estava molhado de suor. Observando a paisagem belíssima, aconteceu o que nunca imaginava que fosse acontecer. Bem distante pude avistar um homem alto, mais ou menos uns 36 anos,180m super bronzeado. Quando vi aquela imagem que chegava a tremer com a temperatura muito quente, parei e observei aquele homem que vinha em minha direção, a medida em que ele se aproximava de mim, meu coração acelerou, minha pernas ficaram trêmulas fui tomado por uma força estranha nunca antes sentido.

Na época eu tinha meu 25 anos e nunca tinha tocado um corpo ou mesmo beijado uma boca, hoje tenho quarenta rsrsrs. O vento soprava em meu nariz, o cheiro do perfume daquele homem, que suado e reluzindo com o bronzeado me deixou louco de desejo. O certo era eu fugir da tentação, mas o desejo da minha carne falou mais alto e não conseguia controlar. Esse rapaz se aproximou de mim e me pediu informação e não demorou muito, ele me perguntou o que eu achava de duas pessoas do mesmo sexo fazerem amor. Tomado de desejo, curiosidade e tesão eu respondi que se houver sentimento, não tinha nada demais.

Ele me chamou para ir debaixo de uma arvore esfriar um pouco do sol, então fomos, e meu pênis latejava, meu pênis vibrava de uma maneira incontrolável, para mim era tudo novo, eu não sabia o que fazer, então ele desabotoou minha bermuda ,desceu meu zíper e meu pau pulou para fora vibrando de tanto tesão. Ele começou a me chupar como se desejasse me sugar todinho, eu sentia o meu pau ultrapassar a garganta dele e eu não tive força para pedir que parasse, pois eu era cristão, mas, naquele momento eu me senti realizando, sentindo a boca quente de um homem mamando em mim. Ele me olhou nos olhos e aproximou seu olhar do meu, caramba, Sentir a respiração dele em meu nariz, a barba crescendo ralando em meu rosto, de repente me deparei com um beijo ardente que me consumia de prazer, ambos insaciáveis tentando dominar um ao outro, eu não sabia se retribuía o beijo ou se gemia pois eu já estava gozando horrores, molhando sua sunga com minha porra e querendo sempre mais, quando ele viu que eu tinha gozado começou a roçar em mim e o desejo de gozar mais e mais crescia.

Nessa hora olhamos para o lado e vimos uma casa em construção, abandonada ele me deu a camisinha e eu realmente não tinha noção como colocar, não sabia para quer servia de verdade, então ele colocou em mim, pois meu pau não quis baixar, rolamos nuns papelões que tinha no chão, ele sentou em mim e comecei novamente a me entregar ao prazer que só aumentava....lembro que gozei três vezes, molhados de suor, perfume e prazer.

Penetrar uma bunda de macho foi algo que me fez deixar a igreja, por que não conseguia mais pensar em outra coisa se não, no prazer de sentir o cheiro, o beijo, o toque de homem em mim. Marcamos de nos ver outra vez mas não deu certo, ate hoje nunca mais vi aquele moreno de sunga lilás que me virou a cabeça.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/Jgphilon



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente