Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Noite Quente em Salvador

Sempre fui curioso, até que em uma viajem, para Salvador, depois de tomar umas em uma festa, cheguei no hotel e abri um site de encontros, pra ver o que rolava. Depois de um tempo comecei a conversar com alguns homens até que um perfil me chamou bastante atenção então fui trocar mensagem com ele.

No perfil dizia que ele era casado, tinha mulher, filhos e tals. Mais curti muito uma diversão com outro cara também, mais era muito discreto e também avisava que era apenas ativo. Depois de muita conversa, ele me perguntou em que região estava e por coincidência era bem perto da sua empresa, o mesmo tinha uma casa de cambio.

Marcamos de nos encontrar, porém acabou não dando certo, quando estava faltando uns 2 dias para eu ir embora, era por volta das 21 horas da e ele me mandou mensagem. Disse que estava indo em um churrasco e depois se eu quisesse poderia me encontrar. Na hora fiquei sem reação, pois como falei sou novato no assunto. Mas mesmo assim disse a ele que quando saísse do churrasco me mandasse mensagem.

Eu sai para ir em um barzinho, comecei a beber pra tirar o nervoso, quando já estava bem alegrinho ele mandou mensagem perguntando onde eu estava, passei o local, então ele disse que em 20 minutos tava lá. Quando de repente uma BMW branca, parou em frente ao bar, bem enquanto eu estava lá na frente fumando um cigarro.

Quando vi aquele homem negro, com mais o menos 1.80 de altura, careca, saindo do carro o reconheci pela foto, era um cara que chamava atenção, não era muito musculoso, mais era bem definido.

O mesmo veio até mim, me cumprimentou, eu estava tremendo, nervoso, mais ao mesmo tempo queria muito matar aquela vontade que tinha de ser pego por um macho como aquele. Então entramos no bar, ele logo perguntou se eu tomava Whisky, falei que sim, então ele pediu logo, pediu uma dose pra nos e começamos a conversar. Papo vai e vem, até que ele por baixo da mesa botou a mão na minha coxa e disse "nossa você é uma delicia de novinho, adoro um branquinho como você, não precisar ficar nervosa assim, hoje vou cuidar muito bem de você, você vai ser minha fêmea, mais não se preocupa, sei que é iniciante, pode deixar que vou fazer com carinho e bem gostoso".

Depois disso ficamos mais uma meia hora lá até que eu falei, nossa to ficando bebinho hahaha, então o mesmo perguntou se eu queria ir da uma volta e eu logo aceitei, ele pagou a conta e fomos embora.

Entrando no carro ficamos rodando por uns 15 minutos até que ele disse "então mais tranquilo agora? " e eu disse que sim, ai logo depois ele pegou minha mão e colocou sobre sua calça e disse pra eu ir alisando, sem pressa, no meu tempo.

Ai comecei a passar a mão sobre sua calça e logo vi que ele tinha um pau enorme, isso que só senti por cima da calça, fui me soltando e logo abri seu zíper e comecei a alisar aquela delicia por cima da cueca. E fui sentindo ela ficando dura aos pouco, enquanto isso ele ia passando a mão sobre minhas coxas. Até que ele disse: "Nossa você esta me deixando com muito tesão"

Quando então não aguentei e tirei o pau dele pra fora, Nossa era perfeito, bem preto, com aquela cabeça bem rosa, e já estava todo babadinho de tesão, não era aquela rola grossa, mais também não era fina, era da grossura ideia, porém de tamanho devia ter no mínimo uns 22 centimetros, era enorme.

Então comecei a bater uma punheta pra ele, quando paramos em um sinal, ele virou e me deixou um beijo, fiquei doido, ele me beijando enquanto eu batia uma pra ele, ele disse pra mim que tava doido pra brincar comigo, mas queria mais espaço, logo perguntei pra ele se ele sabia de algum motel, ele disse que sim e me levaria pra um que era ali perto, disse que eu teria a melhor noite da minha vida.

Antes mesmo de chegar no motel não aguentei e comecei a chupar ele enquanto ele dirigia, nossa fiquei doido de tesão quando senti aquela delicia de pica entrando na minha boca, quentinha, toda babadinha já, fiquei doido, comecei a passar a língua nela toda, até que ele disse: chegamos, deixa pra brincar com ela lá dentro que temos a noite toda.

Chegando no quarto do motel, era incrível, 2 andares, com hidro, piscina, poltronas para sexo, enfim. Entramos e ele logo pegou uma garrafa que tinha no carro e começamos a tomar, logo em seguida, fomos pra hidro. Quando vi ele totalmente pelado pela primeira vez entrando na hidro, ele era muito gostoso.

Depois de alguns copos e muita mão boba na hidro, ele levantou, sentou na borda e disse: agora vem, mama ele todinho. E logo cai de boca, naquele pau enorme e conforme ia chupando eu sentia ele crescendo na minha boca e ficando cada vez mais duro, até que senti a mão dele roçando meu cuzinho.

Ele disse: sai da banheira, se seca e me espera na cama. Então fiz isso, quando ele veio com aquela pica dura na minha direção e mandou eu deitar e começou a socar ela na minha boca, eu mau conseguia respirar, quando senti o dedo dele no meu anel, entrando e saindo.

Até que ele me botou de 4 e começou a chupar meu cuzinho e dedar ele, ai não aguentei, fiquei todo arrepiado, quando do nada, ele parou, e eu senti um gel bem gelado na minha bundinha e em seguida, aquele pau, sarrando minha bunda até que senti aquela cabeçona entrando, no começo doeu um pouco mas logo a dor virou prazer.

Ele me fudeo de 4, depois me botou de frango assado, depois disse pra eu cavalgar nele, mais antes de sentar era pra deixar aquele pau todo babadinho, mamei ele até babar tudinho e fui no seu colo, ele sentou e começou a me beijar, enquanto encaixava a pica na portinha do nada ele meteu com tudo, me segurou e meteu com força até que senti aquele leitinho escorrendo pela minha bunda. Sai de cima e ele mandou eu limpar seu pau, e limpei tudinho com a boca.

Depois fudemos mais umas 2 vezes até irmos embora, nossa que noite incrível, sonho até hoje com aquela rola preta daquele negro me fazendo de putinha.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/paulinho.floripa24@hotmail.com



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente