Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Meu Amante Manolo

Depois das experiências com meu tio Pedro e o lance do negão do sítio(histórias reais), fiquei viciado em pinto, e passei a procurar aventuras do tipo, porem achar aventuras como a do negro do sítio é difícil, então comecei a frequentar casa de garotos de programa, meio receoso a princípio, porem fui me acostumando, sempre com segurança(camisinha), e passei a procurar garotos de programa de boa qualidade nos classificados e internet, de lá para cá, já dei a bunda para 58 homens diferentes, entre garotos de programa e outras aventuras interessantes que irei contando aqui devagar, e a vantagem dos garotos de programa e que normalmente, são jovens com belos corpos e principalmente bem dotados, a desvantagem é que costumam não gozar para manter a ereção para outros clientes, mas aprendi que com um pouco a mais de dinheiro, fora o cachê, consigo convence-los a gozar comigo rsrsrs,

Além do que eu filmei todas as transas, após começar a dar o cuzinho para garotos de programa, alguns não gostam devido a exposição, mas também por um preço razoável, permitem a filmagem e até colaboram, em minhas andanças, encontrei garotos com cacetes enormes que tive até dificuldades para agasalhar, mas fui me acostumando, hoje com meus 65 anos, tenho um amante fixo já a mais de 5 anos, um macho maravilhoso que sente prazer genuíno comigo, mas mesmo com ele, ainda continuo a dar meus pulos com outros homens e também continuo casado e as vezes, saio até com outras mulheres (só se for bem jovem), mas acho que sexualmente já estive com mais homens do que com mulheres, e como eu disse, atualmente tenho um homem fixo que me come gostoso entre 2 a 3 vezes por mês.

O Manolo(nome fictício), delicia de macho, mulato quase negro, simpático, grande, musculoso, hoje em dia já está meio fora de forma e apresenta uma barriguinha que eu sinto me amassando as costas quando está sobre meu corpo me comendo, eu o encontrei nos anúncios classificados de garotos de programa, dei pra ele umas 5 vezes nessa época e adorei sua vontade de meter, porem ele sumiu de repente (fiquei sabendo depois por um seu colega que também me comeu, que ele havia mudado para o interior) e o reencontrei em 2012 no metrô, foi uma alegria só, eu o reconheci imediatamente pois ele continuava ostentando uma careca brilhosa rsrsrs, me informou que não era mais garoto de programa, trabalhava em uma seguradora, agora com seus 27 anos eu com 60 na época, atualmente como eu disse estou com 65, relembramos os velhos tempos em um motel em uma trepada deliciosa.

Ele está noivo e morando em São Paulo de novo, dai pra frente, até hoje, a gente transa no mesmo hotelzinho de sempre, ali próximo do metrô Armênia e eu me acabo com seu maravilhoso pinto 2 a 3 vezes por mês, eu ajudo ele financeiramente, pois ele não tem um grande salário, mas não me importo em dar dinheiro para ele, pois ele gosta de me comer, está sempre disposto com o pinto maravilhosamente duro, 22 centímetro de nervo duro e grosso, (já medi com uma régua) rsrsrs, delicioso demais e tem um orgasmo fantástico, seu esperma espirra longe e é abundante, de 7 a 8 jatos fortes de porra branquinha e grossa, eu já mamei mais de um litro do seu esperma delicioso nestes 5 anos de relacionamento rsrsrs e já gozou dentro de mim sem camisinha a mesma quantidade, me entope de sêmen, enfim eu gosto dele e ele gosta do meu cuzinho e é claro do meu dinheiro rsrsrs.

Mas o importante é que ele está sempre disposto para me comer e muito carinhoso, já me comeu em todas as posições possíveis, mas é de bruços que mais gostamos, ele me penetra profundamente e se deita sobre mim e enquanto mete devagar, fica me beijando o pescoço e falando delicias em meu ouvido, é gostoso demais, tenho orgasmos longos e deliciosos com ele assim penetrado em mim, adoro cada momento que passo com ele, se fosse uma mulher certamente, estaria apaixonado por ele rsrsrs.

Eu sempre marco nosso encontros quando vou trabalhar a noite, costumo entrar no hotel onde todos me conhecem por estar sempre ali sempre, por volta das 17 horas, ai me depilo, pois ele gosta de me lamber as costas, nádegas e pescoço e passar a mão nas minhas coxas e nádegas e os pelos atrapalham, e faço a higiene interna bem feita com a chuca no cuzinho para evitar sujar meu macho, ele chega sempre as 19:00 hs pontualmente e ficamos na cama fazendo sexo até por volta das 21:00 horas, são 2 horas de muito carinho e meteção, eu sempre uso uma tanga sem a parte de trás deixando minha bundinha branquinha a disposição do meu homem e escondendo o pinto para deixar ele mais a vontade.

Começo a lamber seu pinto com carinho que vai endurecendo devagar até ficar duríssimo, ai fico um tempão só fazendo carinho nele, ele adora, enfiar o pinto em minha garganta até eu me engasgar, enquanto isso ele fica beijando minha bunda e enfiando os dedos em meu cuzinho, as vezes, enfia a língua para lubrificar, me deixando maluco de tesão, ele lambe o meu cu com gosto do mesmo jeito que eu chupo seu delicioso pinto, após muita chupação (adoro ficar lambendo em torno da cabeça enorme do seu pau ouvindo seus gemidos de prazer), ele me põe de 4 na beira da cama e me lubrifica com creme, enfiando os dedos em mim e melando toda minha bunda e em seguida, encaixava a cabeça enorme e vermelha do seu pau na entradinha e vai enfiando devagar, nossa, como dói, mesmo dando pra ele a tanto tempo, a cada vez que ele me penetra, parece a primeira vez, tal a grossura do seu pau, vai escorregando devagar até encaixar todo o pinto em meu cu inteiro, ai começa um vai e vem maravilhoso demais, mete gostosamente e eu rebolando a bunda para aumentar o seu prazer, e piscando o cuzinho mordendo seu pau, aprendi a pompoarismo com o cuzinho em um curso na internet, prático todos os dias, contraindo e relaxando os músculos do cuzinho só para aumentar seu prazer, ele adora quando com todo o membro dentro de mim, eu começo a morder seu pinto como o cuzinho, ele normalmente não aguenta essa caricia muito tempo e acaba gozando, então eu deixo para fazer isso no final da foda para prolongar a trepada, e ele goza muito dentro de mim, enche meu cuzinho com seu esperma branquinho e morninho, fica assim sobre mim, respirando pesadamente e gemendo de prazer até deixar toda sua porra dentro, ai tira o pinto ainda duro devagar e fica ali passando o dedo na portinha enquanto sua porra escorre do meu cuzinho, ele adora ver o seu esperma saindo do meu cuzinho, normalmente fica tarado com isso e enterra o pinto de novo, até seu cacete começar a amolecer.

Nossas trepadas são todas assim, cheias de tesão e muita porra, eu vivo inventando coisas para deixar ele mais tarado, uso calcinha sem bunda de diversas cores, meia fina, aprendi pompoarismo como já disse, meia arrastão com abertura na bunda só para deixar meu macho mais tarado, ele adora essas novidades, rsrsrs, eu filmei todas as nossas trepadas, normalmente coloco 4 câmeras no quarto para filmar em todos os ângulos e consigo filmar todos os detalhes da trepada, não me canso de assistir esse homem me comendo e sempre me masturbo olhando essas filmagens, não sei quanto isso vai durar, mas um dia ele vai casar e eu acho que ele vai deixar de me ver, ele diz que não, que vai continuar com nosso relacionamento mesmo casado, mas tenho minhas duvidas, mas por enquanto, está delicioso o nosso relacionamento, vou aproveitar o máximo que eu puder.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/SIM



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente