Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Fiquei de quatro

Sou um cara macho e não demonstro meus desejos. Mas no fundo aprendi a gostar de de outros homens a minha expêriencia começou assim como vou contar .

Descobri o Disponivel e comecei a ver os perfis, as fotos e os filmes e cada dia ficava mais curioso, então criei um perfil com umas fotos que tomei coragem de tirar e publicar. Logo em seguida começaram os contatos e as propostas, que fui enrolando até que a curiosidade foi aumentando e um dia resolvi marcar com um cara que me parecia seguro e inofensivo, tinha umas fotos legais parecia ser um cara maduro .

Marcamos em uma praça aqui em curitiba que eu não sabia, tinha um hotelzinho que os caras iam lá para dar. Quando cheguei lá reconheci logo o cara e começamos uma coversa que descambou pro "vamos alí naquele hotel " e nessa hora eu gelei, pois estava perto de ter uma relação de verdade, na real.

Quando entramos no quarto, ele foi tirando a roupa e pediu para eu dar um beijo nele, o que estranhei, pois nunca tinha imaiginado dar um beijo em outro homem, no inicio foi esquesito, mas eu fui gostando e sentindo esquentar e ao mesmo tempo meu pau foi inchando e realmente estava sentindo tesão naquilo que ainda era diferente pra mim. Logo em seguida ele deitou na cama de costas e ordenou que eu chupasse ele, e assim foi começando em mim um sentimento de putinha e fui meio receoso colocando na boca aquela pica que era muito grande e não entrava, mas eu me esforcei e chupei a cabecinha, fui engolindo e fui lambendo, estava gostando muito e nesta altura eu já sentia tesão só de pensar no que eu tava fazendo, lambendo a pica maravilhosa de um homem, e dando muito prazer a ele.

Neste momento ele mudou de posição e ficou de joelhos na cama e eu de quatro com a bunda empinada, e o proximo movimento foi de empurrar aquela jeba no meu cu. Foi acontecendo devagarinho, eu sentindo cada milimitro entrando e como era muito grosso foi alargando meu cuzinho e parecia que tava rasgando, então pedi para ele parar, pois nesta altura eu já não era mais macho e não tinha coragem de pedir pra continuar.

Mas como o macho era ele e eu a putinha , ele deitou de novo de costas e ordenou que eu sentasse na pica dele, fui obedecendo e fazendo aquela tora muito dura entrar no meu cu, fui controlando pra não arregaçar, até que consegui enfiar toda até as bolas dele bater no meu cu. Depois disso não tinha mais resistencia, só desejo .

Eu queria que ele continuasse dentro de mim pra sempre e fomos mexendo num vai vem louco e de entorpecer a ponto de eu já não saber o que eu estava querendo, até que veio um tesão louco em mim e eu gozei muito e quase desmaiei, mas o meu macho continuou metendo e me usando como a putinha que eu tinha me tornado, ele pediu pra eu chupar, e chupei, ele pediu pra meter de novo e eu deixei e ainda rebolei, até que ele gozou e caiu de lado cansado de me foder.

E eu desejei que a pica dele endurecesse de novo para ele continuar fodendo a putinha dele. Agora que sou uma putinha que deseja outro homem, se voce tiver afim me chame que vou adorar.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

14/01/2016 16:20:34 - Gostaria de ter sido VC mas ainda vou ser.

01/12/2015 14:48:35 - Delicia de conto, gostaria de encontrar alguem para me iniciar também.

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente