Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Escravo da putaria

Estava no trabalho e meu celular toca, atendo e a voz do outro lado diz: ô puta, hoje estou querendo, junto com alguns amigos meter em você, por isto a hora que sair daí venha direto para cá que estaremos esperando voce chegar. Obedecendo as ordens, já que essa era minha condição agora, saindo do serviço fui para o local marcado. chegando lá vejo quem é, o meu conhecido que descobrira que eu era passivo. Ao chegar ele foi logo dizendo, no nosso último encontro eu lhe disse que você seria meu quantas vezes eu quisesse, e agora eu quero, só que tenho 4 amigos que curtem usar um viado e eu disse a eles que você estaria ao inteiro dispor de todos nós, hoje você vai ver o que é ser fodido e humilhado de verdade.

Ele já estava pronto e entrando no carro mandou que eu seguisse em direção a uma vila próxima, chegando no local, mandou parar descemos e entramos, era um barraco, pequeno, com poucos móveis e tinha uns colchões jogados no chão, sentados em um sofá vendo tv e bebendo haviam 4 caras, dois negros , um moreno e um branco, todos na faixa de 18 a 25 anos, todos de short, assim que entrei fui anunciado como a bicha que iria ser fodida pela noite afora. Imaginei que fosse uma foda tranquila, mas me enganei, todos foram logo tirando o que vestiam e fui vendo os tamanhos dos cacetes que teria que enfrentar, Jorge, que ja me conhecia e tinha me intimado a comparecer foi logo dizendo para a rapaziada: ta ai pessoal, podem fazer o que quiserem pois ele já esta instruido a obedecer as ordens de todos aqui.

Um negro já veio logo metendo o pau na minha boca e mandando mamar, o pau devia ter uns 20 cm, enquanto isso outro veio logo metendo no meu rabo, uns 18 cm, meteu até as bolas baterem na minha bunda, e quanto mais ele metia mais ia aumentando a força. Revezaram no meu rabo e na minha boca por muito tempo. Depois combinaram que iriam gozar todos na minha boça e me fariam tomar tudo. Fui advertido de que não desperdiçasse nem uma gota de porra ou iria me arrepender. Tomei todo cuidado pra que não acontecesse, depois de algumas horas de foda gozaram e fui obrigado a beber tudinho.

Como eles ja estavam cansados, resolveram me liberar, mas antes me mandaram tomar um banho, obedeci e fui, a hora que voltei me mandaram sentar no chão e disseram que tinham uma surpresa para mim. Ligaram o computador e colocaram um video para que eu assistisse, foi aí que percebi que eles tinham filmado tudo, me fizeram assistir o video completo, ao terminar o jorge me disse: o negócio é o seguinte puta, apartir de hoje voce servirá também a essa rapaziada aqui, seu dono já esta sabendo e me autorizou a negociar você, continua da mesma forma, quando qualquer um deles desejar te usar eles vão te ligar e ai de você se não obedecer, esse video agora é nossa garantia de que teremos uma bicha e um escravo ao nosso serviço e olha que tem mais alguns da rapaziada querendo organizar uma festa somente com ativos, e vc será o unico safado pra servir ao pessoal.

Já me dispuz a liberar você pra eles para durante a festa servir de empregadinha, de viado, e depois ainda terá que arrumar tudo quando terminar. Assim termina minha história , aguardando novamente o chamado de algum deles.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/carlos864



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

17/03/2016 11:12:27 - Amei o conto

17/03/2016 11:12:12 - Amei o conto

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente