Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Sentei no colo do porteiro

Moro em um condomínio que tem a portaria toda com janelas de vidros filmados, passo por ali dou sinal com a mão em sinal de obrigado e sigo o meu caminho.

Certa manhã ao passar pela portaria notei que as janelas estavam abertas e um rapaz alto, forte, moreno, me disse: "Bom dia! Sou Adriano o novo porteiro, meu horário de trabalho será das 22h as 6h da manhã, sempre que precisar estarei as ordens". Agradeci pela gentileza e educação e segui o meu caminho.

Ele tinha um sorriso lindo, um jeito másculo e meigo que mexeu com minhas fantasias, e partir de então algumas vezes por semana, recebia o bom dia daquele super gato. Assim foi por uns dois meses e uma determinada sexta-feira chuvosa de verão saí com alguns amigos e voltei para casa por volta das duas da manhã, chovia muito e meus amigos me deixaram na portaria do condomínio. Como estava chovendo muito vi que a porta se abriu e saiu Adriano, dizendo entre para você não tomar chuva. Aceitei pois não queria tomar chuva, mas não resistia em olhar para aquele corpo lindo, forte, com a camisa aberta. Ele notou que estava olhando e disse: Quando está muito calor fico mais a vontade, se importa? Disse que não e continuamos a conversar, mas não conseguia tirar o olho dele. Certo momento fiquei de costas para ele olhando pela janela, e quando percebi senti sua presença bem atrás de mim, respirando fundo e ofegante. Então rapidamente saí do lugar e fui para o outro lado da sala e fiquei lendo o quadro de avisos. Novamente ele se aproximou de mim por trás e respirava fundo, tentei sair novamente, mas ele prensou na parede com um forte abraço por trás.

Senti seu corpo másculo tocando o meu e me senti totalmente seduzido por ele, mesmo assim tentei escapar, então perguntei: o que você ta querendo. Ele respondeu: você. Me virou de frente pra ele, me encostou na parede e começou a me beijar. Me entreguei aos encantos daquele gato, correspondi aos beijos, sentia os braços fortes me abrançando, as mãos me acariciando, tirou minha camiseta, me conduziu para uma cadeira que havia ali, me sentou, tirou o pau ereto para fora da calça e lentamente conduziu minha boca até ele. Começei a chupar, ele gemia te tesão, e fiquei ali mamando por uns 10 a 15 minutos.

Depois ele pegou nas minhas mãos me levantou e me conduziu para uma outra sala onde tinha uma poltrona. Ali ele tirou toda minha roupa, acariciou corpo corpo todo, me abraçava com vontade e me envolvia em seu corpo másculo. De repente ele diz, que ver uma posição gostosa, sentou na poltrona me puxou para o seu colo e foi me beijando, em acariando e conduzindo seu pau duro para a minha bunda, como nunca tinha dado disse que não, mas ele me beijava e me acariava tanto e fui deixando ele a vontade, quando percebi ele já tinha me penetrado e eu fazia um vai e vai bem rápido, até que ele gozou e gemeu fortemente no meu ouvido, Quando dei por mim, tentei levantar mas ele não deixou, me abraçou e acariciava meus cabelos, colocou meu rosto sobre o peito forte e ali eu fiquei por um bom tempo sentindo aquele homem lindo dentro de mim, me dando muito carinho, Depois ele me disse, sabia que você é muito gostoso, se pudesse ficaria aqui a noite inteira com você, mas pode chegar alguém, vamos ter que levantar. Assim foi minha primeira transa.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/http://disponivel.uol.com.br/Alex114



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

10/12/2015 15:01:10 - adorei este conto fiquei de tezão do começo ao fim, sempre tive uma fantasia, com porteiros, mas essa foi demais do narrador felizardo do conto, pois bem um sonho agora conhecer este porteiro.

07/12/2015 22:48:41 - que delicia, um macho carinhoso e tudo de bom, amei seu conto abraços....

07/12/2015 16:04:33 - este conto é excitante e muito bem contado gostei muito

04/12/2015 16:42:33 - tenho uma tara por porteiros e uma bela noite acabei dando para o porteiro do dia que por conta de uma troca entre o da noite e o do dia, acabei saindo no lucro.

03/12/2015 21:30:21 - Pena que os porteiros do meu condomínio não me dão nenhum tesão. Mas já estive em condomínios que vi alguns interessantes.

03/12/2015 13:29:23 - Gostaria deste porteiro todos os dias na minha bunda

02/12/2015 09:37:36 - Sempre senti desejo de uma relação com um porteiro ou vigilante noturno.

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente