Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Chupei o peão sujo

Sempre vou buscar laranja pra fazer doces numa fazenda próximo ao aeroporto, mas hoje o proprietário não estava. Esperei uns 20 minutos, fiquei andando pelo local admirando os estábulos e cavalos e gatos e cachorros que estavam por ali.

De repente apareceu um rapaz (peão) aparentando uns 25 anos, muito bonito, corpo esbelto, torneado, estatura media. Perguntei sobre o patrão e ele respondeu que estava pra chegar, mas percebeu que eu estava lhe admirando, então começou a atrelar um dos cavalos e ajeitava a sela, os arreios as correias, debruça sobre o animal tentando alcançar algo do outro lado do mesmo, e eu via aquele corpo lindo, calça jeans toda amarrotada e já suja, pois era a calça da semana (hoje quarta feira), num certo momento me pediu para segurar uma corda, para que pudesse alcançar do outro lado e apertar a barriga do animal, foi aí que eu quase tive um ataque, pois ao agachar, por baixo do animal eu vi do outro lado somente as partes inferiores de seu corpo, juntamente o que eu queria, ele estava com o cacete duro, e encostou o corpo no animal e pediu para eu entregar a ponta da corda.

Ao entregar, ele pegou minha mão e puxou para junto de seu cacete fingindo ter se desajeitado, mas eu não exitei e apertei de leve seu membro, ele disse: Opa! Eu perguntei se machucou. Ele respondeu que havia assustado, então pedi desculpa. Continuou o trabalho, mas eu não satisfeito, lhe disse que a sela era linda, foi então que ele me perguntou se eu queria ver outras que estavam no rancho e eu imediatamente disse que sim, pois gosto muito do artesanato e lá entramos. Estava tudo em ordem, com pouca claridade. Começou a me mostrar com detalhes, e fomos nos aproximando do fundo do barracão cada vez mais escuro e eu não tirava os olhos de seu cacete duro.

Chegamos na ultima, foi quando ele me disse que o cheiro de couro e suor dos animais estava muito forte, então eu disse que era exitante, foi quando ele me disse se eu gostava mesmo do cheiro ou tava brincando. Eu disse que era verdade, então ele se aproximou e, tirou o cacete pra fora e perguntou se que queria cheirar, imediatamente abaixei e comecei a cheirar e só. Foi aí que ele pegou com força minha cabeça e fez eu engolir seu cacete, que realmente não estava muito em ordem e eu tive que fazer a faxina, chupando deliciosamente aquele membro de uns 17cm, cabeça grossa, que também era bem anatômico e eu pude deliciar, chupar, lamber, enterrar na garganta.

Perdi a noção de tempo e espaço, pois o patrão poderia chegar. Eu chupei gostoso com muita dedicação. Ele começou a tremer as pernas freneticamente e eu as segurava com força aproveitando acariciar os musculos, foi quando percebi minha boca sendo preenchida de porra e continuei chupando, pois ele também forçava minha cabeça e não queria me largar. Nos recompomos, saímos do barracão conversando sobre cavalos, selas, arreios, etc... aguardei uns minutos o patrão dele chegar, e ele montou em seu cavalo e foi trabalhar. Feliz é claro! Eu voltarei na fazenda na próxima vez para comprar café, mas sem muita expectativa, pois poderei me frustrar. Gosto do inusitado.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

19/04/2016 14:32:46 - Se todos os viados soubesse como é bom mamar uma rola ensebada, seria ótima. Sebo de pica é como caviar. Um gosto que se adquire. Mamei minha primeira nrola ensebada quando era adolescente e sempre peço aos machos para não lavar na cabeça da pica quando quizer um boquete. Adoooooooro sebo de pica,

14/12/2015 14:25:27 - Pica ensebada é uma delicia! Adoro sebo de pica. Pica tem de ter cheiro e gosto de pica e não de sabonete.

11/12/2015 01:58:17 - adorei o conto sou fissurado num peão

07/12/2015 22:36:25 - Nossa que delicia, mas gosto de uma rola bem limpinha. kkk valeu.

06/12/2015 02:47:20 - amei e gostei como e gostoso essa historia como e exitante gostaria de uma sena dessa vou amar.obrigado linda a historia

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente