Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Outros: Ele perguntou se eu sabia chupar picolé

Isso aconteceu há muito tempo. Eu era bem jovem, ainda virgem e não tinha ideia de como era fazer sexo. Morava em BH e naquela epoca morava numa casa e havia uma moca de 25 anos que trabalhava e morava em casa, bonitinha moreninha e muito gostosa. A moca tinha um namorado que segundo minha mãe era casado e bem mais velho, devia ter uns 45 anos negro e bonito.

Segundo a moçaa ele era motorista em BH. Um dia minha mãe nao pôde me pegar na escola e pediu para a moça ir me buscar e ela foi com ele e foi aí que conheci o namorado dela, se chamava Joao. Uns 15 dias depois aconteceu de novo e novamente ele foi me buscar na escola, mas dessa vez foi sozinho, no caminho paramos pra tomar um sorvete e ele me perguntou muitas coisas e até sobre sexo discretamente claro. Eu tinha vergonha em dizer que era virgem, mas disse que as vezes eu e meus amigos ficavamos pelados só pra ver um o pinto do outro, comparar tamanho essas coisas. No caminho de volta pra casa ele parou numa rua deserta e de repente tirou o pau pra fora e perguntou, aí o que achou vamos brincar? Eu olhei, dei uma risada e disse nossa se somar o meu e dos meus 3 amigos nao dá o o seu.

Ele pegou minha mão e levou pro pau dele e disse aí pega também, eu peguei e falei, nossa preciso das duas maos e ele disse então pega com as duas e o pau dele cresceu tanto que nem as duas mãos não cobriam o pau dele que tava duro, aí ele veio pegar no meu pauzinho e disse nossa ta duro também. Eu sorri e disse, pois é toda vez que eu e meus amigos brincamos ficamos de pinto duro. Aí ele disse vc já brincou de chupar picolé? Eu disse não, nem sei que isso. Ele falou, vem que vou te ensinar pegou minha cabeca bem educamente e levou pro pinto dele e disse vai agora abocanha e vamos brincar. Eu comecei a engolir aquele pauzão e ele gemia e ficava orientando vai agora mama que nem um picole e eu obedecia. Depois de uns 5 minutos que eu tava mamando ele tirou minha boca e disse para que agora meu picole vai derreter e de repente ele comecou a gozar na minha cara, nossa jorrou tanta porra que sujou o carro todo.

Eu nem sabia o que era aquilo ele gemia muito e espalhou a porra na minha cara. Aí em seguida ele pegou uma toalha me limpou e se limpou e disse vou te levar pra casa. No caminho ele me fez jurar que eu não contaria aquilo que aconteceu pra ninguém nem pros meus amigos. Eu prometi e ele me deixou em casa. Dois dias depois a moca que trabalhava em casa comecou a sorrir pra mim ironicamente e me perguntou se eu tinha gostado da carona com o Joao namorado dela. Na hora não entendi, mas fiquei com medo de contar e disse que ele tinha me levado pra tomar sorvete e depois ele tinha me deixado em casa. Aí ela foi bem sacana e disse e vc gostou de chupar sorvete com ele? E deu uma risadinha. Eu pensei puxa será que ela sabe de algo, mas fiquei quieto, nos dias seguintes eu percebi que ela toda hora me chamava no quarto dela e quando eu chegava ela tava de calcinha e soutien e dizia que queria falar comigo e fazia perguntas de sexo. Aí eu tinha medo dos meus pais me pegarem e ela disse que ia comigo e com o namorado dela tomar sorvete comigo de novo da próxima vez. Essa historia eu conto na parte 2.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/fiodentalgostososp



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

06/01/2016 18:21:01 - Sacanagem, porq. não termina. que tesao adoro um negão safado e pauzudo. rsrsrsrss

04/01/2016 22:44:12 - continua a parte 2

04/01/2016 20:09:12 - Esse conto é muito legal porque o protagonista principal o menino é virgem que bela chupeta o João deu para ele muito bacana esse conto.

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente