Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Minha boquinha foi invadida por um mar de porra

Fiquei sabendo que um shopping aqui perto de casa tinha putaria no banheiro. Bastava chegar lá usando uma camiseta verde e torcer pra encontrar alguém por perto também de verde. Resolvi arriscar e ver se isso era verdade. Coloquei uma calcinha verde rs, uma calça e uma camiseta verdade e fui para o shopping. Num dos andares, percebi que tinham dois garotos, de uns 20-25 anos, próximos ao banheiro masculino. Um deles usava camiseta verde. Passei ao lado deles e eles me acompanharam com o olhar até eu entrar no banheiro. Fiquei um pouco nervoso com a situação. Sabia que poderia ser arriscado rolar pegação dentro de um banheiro público, mas me deixei levar pelo tesão.

Fiquei me olhando no espelho por alguns segundos e vi os dois meninos entrando no banheiro. Eles chegaram do meu lado e perguntaram se eu estava disponível. Eu disse que sim. Ficamos esperando outro cara sair do banheiro para ficarmos sozinhos. Assim que ele saiu, entramos os três na última cabine e começamos a conversar e nos pegar. Um dos meninos era apenas ativo e outro era namorado dele, versátil. Eu disse que era só passivo e que estava fazendo isso num local público pela primeira vez. Eles pediram pra eu relaxar, não falar alto e abaixar a calça. Assim que abaixei a calça e revelei minha calcinha fio dental verde, os dois se olharam com uma cara de safado e me chamaram de putinha deliciosa. Começaram a passar a mão em mim, na minha bunda, no meu pau, levantaram minha camiseta e morderam o biquinho do meu peito. Que tesão aqueles dois garotos.

O ativo abriu o zíper e me mostrou uma rola linda, bem suculenta. O namorado dele sentou na privada e me colocou sentado em seu colo. Ele pegou minha cabeça e levou até a piroca do ativo. Comecei a chupá-lo com vontade. Eu mamava o ativo e rebolava em cima do caralho do versátil. Mamava um pouco, depois o versátil mamava um pouco o namorado e nos beijávamos. Era difícil segurar o tesão e não gemer, mas resisti rs. O versátil tirou a bermuda e segurou minha cintura, me mandando rebolar mais forte em cima da rola dele. Fiz o que ele mandou enquanto continuava chupando o outro cara, engolindo cada centímetro do pau dele, batendo uma punheta pra ele, lambendo as bolas do saco, fazendo aquele piru de pirulito. O versátil mandou eu levantar. Quase não consegui ficar totalmente de pé. Quando eu vi, ele já estava gozando na minha bunda, melando toda minha calcinha e fazendo a porra escorrer pelas minhas pernas. Ele se arrumou rapidamente e começou a beijar o namorado, enquanto eu ainda estava com a pica do ativo em minha boca. Eles se beijavam loucamente, com muito tesão, e o ativo não resistiu muito tempo também.

Enquanto eles ainda se beijavam, senti minha boquinha ser invadida por um mar de porra. Uma gozada maravilhosa, quentinha, que quase não consegui engolir de tanta fartura. O tesão era tão grande que não resisti. Bati uma punheta até gozar na minha própria mão, enquanto os dois me olhavam. Lambi minha mão com vontade, engolindo minha própria porra. Nós 3 trocamos um beijo triplo maravilhoso por alguns segundos, nos cumprimentamos e saímos em silêncio da cabine. Durante nossa pegação ouvimos algumas pessoas entrando e saindo do banheiro, mas pra nossa sorte, quando acabamos, não havia ninguém lá dentro. Saimos normalmente do banheiro e voltei pra casa. Estou pensando seriamente em me aventurar novamente naquele shopping!

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/bipassivobotafogorj



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente