Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: O padre passou o cacete na porta do cu

O padre lhe enrabou e não lhe revelou sua identidade. O que irei narrar aqui aconteceu domingo último passado, dia 13/09. Sou padre da Igreja Católica, moro no interior de São Paulo, mulato, peludo (muito), bundudo, versátil, higiênico, cheiroso e curto um troca-troca, discreto, não afeminado e nem curto.

Celebrei a última missa do domingo, voltei para casa, tomei um bom banho, fiquei vendo um pouco de televisão. Cansado de tanta bobagem na televisão, peguei o computador e entrei na net. Fui parar numa de bate-papo. Fiquei migrando de sala em sala. De repente vi um Nick, o nome de uma cidade vizinha e em seguida HxH. Cumprimentei e logo fui correspondido, falamos poucas coisas, como: idade, tipo físico, o que curte etc. Tentamos cam, mais não deu certo, tentamos telefone, também, não funcionou. Decidi ir à cidade dele, marcamos local para encontro e fui. É bem próximo da cidade onde moro.

Peguei o carro e fui sem saber quem iria encontrar. Entrei na cidade e fui direto para o local combinado. Não havia ninguém no local. Segui um pouco adiante com o carro e retornei. Estacionei e enviei um sms. De repente apareceu um rapazinho branco, 1,65m, 80 kg, malhado, barba meio rala, preta, cabelo bem cortado, bonito, de short, camiseta e tênis. Foi logo entrando no carro e seguimos sentido estrada pra fora da cidade. Ele pediu que eu entrasse numa estrada de terra, depois de subir uma ribanceira, estávamos num canavial, andei uns 200m. Começamos numa pegação, ele já foi logo passando a mão no meu pinto por cima da bermuda, ficamos naquele amasso e nos beijamos. Que boca gostosa, carnuda, macia... Ele logo começou a mamar no meu cacete e a me chamar de safado e elogiar meu pau. Passei a mão na bunda dele; que bundão. Sai do carro e o deixei dentro, coloquei ele de 4 e mandei a boca naquele cu. Um cuzinho depilado, branquinho, apertadinho, ele foi ao delírio, começou a rebolar aquele cu no meu rosto e eu mandando língua naquele rabo. Passei a roçar meu cacete na porta do cu, e ele me xingava de safado e dia implorou para eu meter. Ainda chupei o saco e o pau dele que era grande e grosso.

Pedi uma camisinha e ele mesmo a colocou, chupei mais um pouco aquele cu gostoso e maravilhoso, deixei bem molhadinho e fui enfiando nele de frango assado. Ele gemia, gritava, urrava, rebolava... depois de tudo dentro deixei ele se acostumar e comecei a bombar e a punheta-lo, demorou pouco gozamos juntos. Abraçamos-nos, nos beijamos. Ainda ficamos um tempo abraçados, nos recompomos. Eu o deixei no mesmo local onde nos encontramos. Cheguei em casa fui tomar um banho e bati uma punheta pensando naquele cu e naquela carinha de 23 anos. Eu tenho 47 anos. Não curto novinhos mais valeu à pena.

Se alguém estiver interessado entre em contato. Skype: coroa.negro47, região noroeste do estado de São Paulo.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/sim: coroa71



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

23/05/2016 21:33:15 - Sempre tive vontade de fuder um padre de batina.

18/04/2016 20:27:47 - fiquei afim de comer esse padre!!

15/04/2016 10:42:09 - Quero vc! Tenho taras por negros assim. Também sou negro.

14/04/2016 21:29:34 - QUE MARAVILHA ADOREI ESSE PADRE

14/04/2016 17:36:29 - Seu conto me excitou pra caralho , fiquei até mesmo com muita vontade de estar com vc. Um abraço.

14/04/2016 02:20:55 - Queria um padre desse também...

14/04/2016 01:13:51 - Fiquei com um francês na sauna de SP foi ums das melhores noites ele era branco loiro rola branca e cabeçuda amei ficar com ele pena q ele votou pra frança

14/04/2016 01:13:40 - Fiquei com um francês na sauna de SP foi ums das melhores noites ele era branco loiro rola branca e cabeçuda amei ficar com ele pena q ele votou pra frança

14/04/2016 01:12:29 - Fiquei com um francês na sauna de SP foi ums das melhores noites ele era branco loiro rola branca e cabeçuda amei ficar com ele pena q ele votou pra frança

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente