Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Bundinha cheia de Pêlos

Sempre que vou a uma cidade próxima dou uma chegada no banheiro público para me aliviar. Sempre reparei que rolava uma sacanagem nos diferentes horários que passava lá. Na maioria das vezes era só um quatro ou cinco caras se punhetando enquanto ficavam olhando os paus uns dos outros. Um dia a coisa esquentou e um deles aproveitou para uma rápida chupada no pau do cara que estava ao seu lado.

Fiquei cheio de tesão e sempre imaginando receber um tratamento daqueles também. Mas o receio de ser pego em flagrante me fazia ser mais cauteloso, então eu ficava também só curtindo ver aquele monte de picas, de todos os tipos e tamanhos. Um dia, só estavam eu e mais dois caras e não entrava ninguém por um bom tempo. O cara que estava entre nós dois tomou coragem e pegou no pau do outro e punhetava ele com vontade. Eu estava com o tesão a mil e resolvi arriscar. Enquanto ele se ocupava na punheta eu comecei a alisar a bunda dele. Era uma bunda carnuda, macia. Ele não ofereceu resistência e eu fiquei mais atrevido.

Enfiei a mão por dentro da calça e pude sentir a maciez e o calor daquela bundinha cheia de deliciosos pêlos em volta do cu. Brinquei um tempo com dedos naquela grutinha de prazer. Com a outra mão comecei a apertar e beliscar os mamilos por debaixo da camisa dele. O cara estava cada vez mais cheio de tesão e acelerava os movimentos da mão em volta do pau do companheiro ao lado.

Num momento ela não aguentou mais e gozou uma quantidade enorme de porra que se espalhou pelo chão. Apressado, recolheu o pau pra dentro da cueca e foi embora. Eu já estava doido pra receber uma chupada e a ponto de gozar também. Acho que ele entendeu e começou a chupar de um jeito que foi me deixando doido. Segurando sua cabeça tentei enfiar a pica toda na boca, mas ele começou a engasgar. Dei um tempo e deixei ele ficar lambendo e chupando só a cabeça. Quando senti que ia gozar... forcei o pau boca adentro, deu pra sentir ele entrando na garganta. Foi uma sensação tão boa que o gozo veio a galope. Enchi e garganta de porra, me sentindo com as pernas bambas. Ele deu um sorriso, passou a língua nos lábios e saiu.

Fiquei ainda um pouco ali curtindo a sensação de uma das melhores chupadas que já recebi.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/soul7



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

26/05/2016 15:26:30 - Sao excitantes os contas eróticos muito bom

23/05/2016 20:12:42 - adori o conto

23/05/2016 10:32:32 - Hummm muito gostoso, ja paquerei muito nos banheiros publicos e chupava gostoso os garotos que la passamvam,

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente