Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Um dia no cinemão

Sou um cara que curte uma boa sacanagem e putaria. E neste dia eu estava muito louco de tesão, muito afim de foder, ou melhor de ser fodido. Então resolvi ir num cinema que fica em Santo Amaro, zona sul de SP. Pensam num lugar de putaria, pois é, é o lugar. Logo que cheguei fui e um dos dark room (sala escura) que tem lá.

Demorei de cinco a oito minutos para pegar na primeira rola, na verdade pegaram primeiro no meu pau. E quem pegou foi um cara gostoso (nessas salas escuras, não dá para ver bem a cara do ``parceiro´´, só dá para sentir com as mãos, tocando os corpos que ali estão disponíveis), senti com as mãos que o cara que pegou o meu pau era gostoso, com um corpo delineado, um pouco sarado, mas não chegava a ser bombado (nem curto os bombados), já fiquei com tesão. Peguei em seus peitos, passei a mão no seu corpo e peguei no pau dele, que estava bem duro, por sinal e era muito grosso, nem pensei duas vezes, cai de boca naquele pauzão e comecei a mamar.

Depois de alguns minutos mamando ele me puxou, com se pedisse para eu levantar, já que estava agachado, levantei e ele pegou no meu pau que estava duro e foi colocando uma camisinha, logo percebi que ele queria me dar o cu (nesses lugares tudo acontece sem nenhuma conversa, você sabe a intenção do outro apenas sentindo a situação e que cada um diz através do tato e de atitudes), o carinha virou a bunda e encaixou meu pau na porta do seu cuzinho, foi entrando gostoso o meu pau no cu dele e percebi que ele estava cheio de tesão e que o cu dele era uma delícia, daqueles cu que o pau entra fácil e deliciosamente, fiquei no vai e vem bem gostoso com eles, até que chegou um terceiro nesse nosso rala e rola sempre tem outros ao redor, mas nem sempre chegam junto, ficam só observando, ouvindo os gemidos e sentindo a sensação do momento), esse outro cara também queria comê-lo e o safado saiu do meu pau e virou a bunda para cara e deu gostoso, eu aproveitei para mamar o passivo safado, pois o pau dele estava duro e é do tipo que eu gosto pra mamar, grande e grosso, e assim ficou eu chupando o cara que eu havia comido e o cara dando para um terceiro.

Ainda mamando o cara que eu havia comido, eu passei a mão por baixo das pernas do pauzudo e senti o cara enfiando gostoso no rabo dele, com um detalhe deliciosos ele estava dando sem capa, fiquei mais louco ainda de tesão, que putaria gostosa.

O safado virou a bunda para mim e quis me dar de novo, dessa vez sem capa e enfiei gostoso o meu pau naquele cu largo e guloso, meti mais gostos que a primeira vez, estava rolando uma putaria bareback, deliciosa. Nisso o terceiro cara, estava querendo enfiar seu pau em algum buraco, enquanto eu comia o malhadinho gostoso ele veio por trás de mim e cutucou o seu pau no meu cu, aproveitei e empinei o rabo e sem parar de foder o safado gostosinho fui penetrado pelo nosso colega de foda, senti que seu pau estava sem capa, mesmo assim deixei foder e enfiar gostoso, ficamos ali num trenzinho bare no dark room e alguns caras ao nosso redor se deliciando com nossa putaria. Foi tudo muito rápido, o cara que eu estava comendo quis me foder também, me pediu uma camisinha (não sei porque já que estava fodendo ele sem capa, naquela altura não fazia diferença), dei a camisinha, passei um gel lubrificante no cu, pois sabia que ia precisar e ele veio atrás de mim e o outro cara que deu passagem pra ele, ficou atrás do saradinho foi um enfiando no cu do outro de novo, fazia tempo que não sentia uma rola grossa no meu cu, que me preencheu todo.

Nessa putaria gostosa entrou um quarto cara um coroa do pau gostoso e enquanto eu dava para o saradinho pauzudo este parou na minha frente com a pica dura e eu comecei a chupá-lo, o saradinho fodeu que até que gozou na camisinha e nisso o trenzinho se desfez, ele saiu do dark logo em seguida, e continuei chupando o que entrou por último, assim mamei, mamei e senti que o coroa ia gozar e abocanhei ainda mais o pau dele. Senti vários jatos de esperma invadindo a minha boca, não pensei duas vezes, fui engolindo cada leitada que ele soltava.

Uma delícia de porra, por sinal, farta, grossa, gostosa. Depois que o coroa gozou ele saiu, dos quatro ficou só eu e o segundo cara, peguei em seu pau que estava duro e cai de boca, fazendo uma gulosa chupeta nele, por agradecimento ao momento delicioso proporcionado. Fiquei ali chupando o pau dele e logo sem avisar ou em perceber ele liberou a leitada na minha boca que estava sugando o pau dele com vontade, sentindo outra galada na boca que foi direto pra garganta sem pedir licença. Ao final desta gozada também saí do dark e fui sentar nas poltronas do cinema, para descansar um pouco, fiquei uns quinze minutos descansando pra voltar à ativa ou a passiva ou vice-versa. Daqui a pouco eu conto o que continuei aprontando no cinemão.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/cidinho



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

15/11/2016 20:44:13 - fiquei com muito gostaria de foder este o meu cu ?

13/11/2016 11:53:07 - delícia de conto, gostaria de ir a esse cinema.

13/11/2016 03:23:27 - Que putaria gostosa. Não esqueça de continuar contando essa deliciosa aventura. Gozei só de ler.

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente