Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Experiência de um concurseiro

Depois que me formei fiz diversos concursos, afinal serviço público é sempre interessante, se você pode associar a profissão que escolheu.

Estava em um estado no norte, para fazer um novo concurso, fiz reserva de hotel, e fui com dois dias de antecedência, para melhor me localizar, onde faria o concurso, o tempo que levaria para chegar no local etc...

Quando cheguei no hotel, havia uma muvuca, um rapaz ( concorrente ), estava criando problema pois também havia feito reserva com antecedência e não localizavam sua reserva, a minha deu tudo certo. Vendo o desespero do rapaz que não teria onde ficar, falei com o recepcionista que ele poderia ficar no meu quarto, em duas camas, desde que fizessem um desconto, e se o rapaz aceitasse.

Na mesma hora tudo foi acertado, e subimos para o apartamento, depositamos as malas , separamos os armários, e tentei fazer um social, nos apresentando formalmente , ele chama Walter. Falamos sobre nossas pretensões e nossas preparações para o concurso. Dei uma saída para conhecer melhor a vizinhança, no dia seguinte iria ao local do concurso.

A noite, jantei no hotel, tomei uma caipirosca deliciosa, e subi para tomar banho e para dormir. Quando cheguei o Walter já estava tomando banho, aguardei que saísse do banheiro para entrar, tirei minha roupa ficando só de cueca. Walter saio pelado, com a toalha nas costas, ainda se enxugando, percebi que não tinha qualquer timidez, tirei a cueca no banheiro e entrei no banho, ele voltou para o banheiro para pegar seu desodorante e pentear o cabelo, ví que continuava pelado, isso me incomodou um pouco.

Sai do box para me enxugar, ele continuava no banheiro e puxando papo. Fui para minha cama, enquanto conversava com ele, ele me seguiu, foi para sua cama e continuamos a conversar, como ele estava pelado eu também, fiquei. Propus apagar a luz para que pudéssemos dormir. Ele concordou, porém, começou um barulho que quem estava se masturbando, pensei, não acredito, esse cara está se masturbando antes de dormir.

De repente ele acende a luz, e olhando para mim, disse que estava cheio de tesão, e não conseguia dormir. Quando olhei para ele, estava com pau duro, não era muito grande, mas cheio de veias, e grosso, fiquei meio tonto, não sabia o falar ou fazer. Ele perguntou se pudia ficar na mesma cama que eu, novamente me deu bobeira, não sabia o que responder, e o meu silencio foi o sim para ele.

Deitou comigo, se encostou, senti seu pau nas minhas pernas, o que me deu enorme tesão, meu pau subiu de imediato, ele passou a mão, passou a mão no meu corpo, estava de barriga para cima, e me fez um boquete,lambendo meu saco, pôs minhas bolas na boca,brincou com meu pau em sua boca, fez comentário de como estava gostoso.

Nunca tinha transado homem, para mim uma novidade enorme, porém, muito gostosa.

Empurrou meu corpo, virando-me de barriga para baixo, e fez um banho de gato, que nunca havia recebido, maravilho, porém estava louco para gozar também, e ainda não tinha conseguido abriu minhas pernas e enfiou sua língua no meu cu, nossa que prazer, estava descobrindo regiões de grande prazer, nunca explorados.

Mas ele também estava com fome de me comer, colocou seu pau no meu cu, empurrando seu corpo contra o meu, fazendo entrar quase inteiro de uma vez, ele na realidade havia salivado a entrada, isso facilitou para ele enterrar quase que tudo de uma vez. Doeu, doeu muito, gemi de dor e prazer, sentindo ele bombar, num entra e sai frenético, até explodir num gozo fantástico.

Demos um tempo, e voltamos a transar, fizemos de varias posições, em pé, no colo, de lado, de quatro, no chão, cavalgando, foi a maior loucura que havia experimentado.

Sempre tive vontade de dar, porém, nunca tive coragem ou oportunidade, creio que essa primeira vez foi meu breve sexual, agora, sempre que houver oportunidade eu irei encarar um cara que venha escolher.

Fizemos o concurso, estou na lista de espera, o Walter não foi classificado, mas se for chamado vou ficar um tempo nesse hotel, quem sabe ele retorne e poderemos nos reencontrar.

Não estou mais namorando, disse a ela que iria mudar de estado... na realidade estou mudando meu estado de preferencia sexual...

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/sim



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente