Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Dupla penetração com dois irmãos

Aconteceu em uma daquelas noites loucas em que você não consegue segurar o tesão e precisa resolver isso de algum modo.

Não haviam aplicativos de localização como existem hoje e os sites de encontros gays não eram tão populares. Era comum, então, entrar em uma sala de bate-papo altas horas da madrugada e trocar MSN. Às vezes, a gente começava uma brincadeira pela webcam e você poderia ser convidado a partir para algo real em algum momento.

Já passava da meia noite, em uma sala de bate-papo quando conheci dois rapazes que estavam querendo um menage a trois. Excitado como eu estava, aceitei o convite, peguei um táxi e fui até eles.

Eram dois rapazes comuns, nada do tipo saradão, mas não eram descuidados, de uns 30 anos. Conversamos um pouco, mas não demorou muito para que a coisa começasse a rolar. Me despi. Não eram de muitos beijos, mas sabiam o que estavam fazendo. Enquanto um me dava a pica para mamar, o outro começava a roçar minha bunda, em pouco tempo aquela rola enorme encontrou o caminho do prazer, e com força começou a lacear meu cu cheio de tesão. E eu estava adorando aquela intensidade.

Em certo momento, perguntei se eram namorados. Eles me disseram que eram irmãos. Fui tomado de surpresa e ao saber daquilo subiu em mim um desejo ardente e irracional. Eu estava transando com dois irmãos, ativos, sedentos por um rabo guloso. Eu não parava de chupar aquelas maravilhosas picas e eles iam se revezando com meu rabo. Eu já não via o tempo passar. Nossos corpos quentes cheiravam suor e gozo.

O desejo ficava cada vez mais incontrolável. Foi quando um deles se posicionou por cima de mim, sem falar nada, enquanto o outro irmão estava por baixo. Eu não havia suspeitado, mas eles queriam fazer dupla penetração em mim. Eu fiquei assustado de início, porque nunca havia feito DP até então. Eu já estava largo, úmido. um deles posicionou seu pênis apontando a direção para a portinha do meu ânus, enquanto o outro já exercia pressão por cima das minhas nádegas. Senti um arrepio intenso, aquilo rasgando meu cu, com suas picas pulsando, saindo e entrando, agarrados na minha bunda e no meu peito com força, vigorosamente a entrada em cada estocada. Eu nunca havia sentido tanto tesão até aquele dia: dois homens vorazes, loucos e excitados, penetrando meu rabo com força e abrindo minha bunda com competência.

Foi tão intenso, que nós três gozamos quase que ao mesmo tempo. Nos despedimos pouco depois de conversarmos um pouco mais, mas era quase manhã, e teria que trabalhar mais tarde. Meu corpo estava exausto, mas cheio de prazer.

Infelizmente perdi o contato daqueles rapazes, mas em minhas lembranças e fantasias fico com vontade de repetir a experiência, especialmente quando vejo os vídeos do Disponivel, em que passivos estão dando para dois ou três caras. aaaaah, que vontade!

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/hephaestus



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente