Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Aula de sacanagem com o primo da cidade

Morava no interior ate uns 2 anos atrás, la tinha muita experiência com uma namorada mas também com vários animais, comia cabra, galinha e até bezerro, coisas da adolescência cheio de hormônios hoje estou com 21 anos e morro no RJ para estudar.

Estou na casa de um tio de consideração que é casado e tem um casal de filhos, vamos chamar meu primo de Felipe (Lipe).

Lipe e meio diferente mas ninguém liga para isso bem diferente meio delicado e quando cheguei não tinha quarto sobrando passei a dormir no quarto dele fiquei meio sem graça nunca tinha dormido com alguém sempre tive meu quarto.

E rolava altas conversas sobre tudo ele tem uns 4 anos a mais que eu e sempre a conversa termina em sexo. Notei que sempre as historia do Lipe iam ficando cada vez mais picantes bem mais que as minhas e algumas com homens no meio e ele ficava bem inquieto e sempre ia correndo para o banheiro voltava e falava agora posso dormir melhor e ria.

E certa vez ele falou que tinham forçado a ele mamar um cara para não apanhar achei meio estranho mas continuou e quando notei ele estava sentado na minha cama se masturbando e pediu posso ficar aqui me assustei falei parando pode sim, ele parou imediatamente e se deitou, pera ai falou para ficar aqui não deitar, eu estava de cueca e camiseta como dormia não vou mentir mas aquilo me excitou ele já estava em baixo do lençol se esfregando em mim pedindo me abraça vai so estamos nos dois em casa hoje eu meio sem graça coloquei o braço sobre ele, sussurrou profundamente e soltou um gemido se virando e me tascou um beijo empurrei ele que quase caiu da cama, o que é isso não sou viado falei para ele.

Ele não se zangou e falou primo vou te ensinar o que é ser amado hoje, vc so teve sexo com bicho hoje não.

E voltou me acariciando o peito, se esfregando e voltou a tentar me beijar tentei sair mas cedi, caralho que coisa diferente gostei e deixei quando notei estava eu e ele totalmente pelado ele mamando meu pau e falando nossa queria ser aquela cabra, mamava muito e se virando para mim pedindo para eu lamber o rabo dele, lambi o cu o sado aquele pau dele duro roçando no meu pescoço me incomodava ate certo tempo ele sentou na minha cara forçando o cu na minha boca e foi deslizando eu com a língua de fora lambendo ele desceu e lambi o pau dele ate a cabeça, coisa estranha mas estava dominado pelo prazer.

Ele pediu para eu comer o cu dele com força e ficou de quatro se abrindo igual minhas cabritas, não tive dó so salivado o rabo estava coloquei a cabeça do meu pau na porta e forcei ele deu um grito para não sou tuas galinhas quero carinho porá, devagar e se deitou, ate me assustei pelo grito mas não tirei um pouco pelo tamanho meu pau não e tão grosso mas é comprido tem 21cm eu bombava o cu de Lipe como doido que coisa gostosa era fuder aquele cu ate que não aguentei e falei vou gozar ele tira que quero mamar teu leitinho meu caipira tirei mas não deu tempo esporei tudo em cima dele ate chegar na boca ele sugou ate a ultima gota, me segurava pela bunda e puxava para dentro dele tudo , nunca tinha visto algo igual que vontade de beber leitinho e no que segurava minha bunda começou alisar meu traseiro e tentou enfiar o dedinho no meu cu dei outro empurrão nele e falei para ai mulherzinha aqui e você, ele começou a rir falando não vai deixar de ser macho , sou tua mulherzinha e voltou me acariciar, me deitei ele veio por cima me lamber e como antes foi se virando de novo para eu mamar o rabo dele todo lambuzado e conseguiu me pegando de surpresa enfiou o pauzinho dele na minha boca, fiquei sem ação ele mama meu grelinho vai ele não vai te machucar, fiz, não é que é gostoso o pau dele deve ter uns 13cm bem fininho todo depilado, mamei e falei so não vai gozar esta porá aqui, e começamos um 69 gostoso que quase me gozei novamente.

Ele veio agora e começou a enfiar meu pau no cuzinho dele cavalgando que coisa deliciosa, de frente se deitava me beijava e voltava aquele pauzinho pulava, balançava e ele cada vez mais louco ate que explodi num gozo muito louco não deixei ele tirar quis gozar tudo no cuzinho dele e segurei ele com as pernas e braços bem colado a meu pau para que gozase ate a ultima gota e relaxei, so que ele queria gozar agora começou a me lamber, mamar, chupar meu saco, me lambia, foi colocando um travesseiro em baixo da minhas costa e falando que hoje eu ia saber o que éra prazer e sexo gostoso e não com cabra, galinha veio me beijou muito e foi descendo me lambendo meu pau meu saco e começou a lamber meu rabo me travei mas ele falava tão gostoso relaxa não vai se machucar e so prazer, fui relaxando e deixando se levar el lambia muito gostoso e ficou nisso muito tempo ate me animei de novo ele não te falei que era so prazer.

Se esfregava me sarava fazia de tudo, eu deixei era uma mulherzinha mesmo.

Nisso eu estava todo apeganhado com as pernas pra cima ele pincelava meu rabo subia ia ate minha boca e voltava tudo no maior prazer ele viu como esta gostando nem se trava quando meu piupiu toca teu rabinho e foi falando e passando e não é que o puto tentou me enrabar tão rápido que quando notei estava com aquilo dentro do meu cu, parecia o dedo dele um pouco maior e bombava, eu não sabia se tirava ou deixava ele falava esta gostando meu macho já vou parar, tirou de vez e ficou de quatro pedindo me fode agora mais louco do que antes gritava seu safado comi teu cu também, agora vc é meu fudi ele com muito tesão, fomos amantes por quase três anos ate que casei ele nunca mais tentou comer minha bunda e olha se tentasse eu ia deixar, nunca transei com outro homem somente ele, mas foi gostoso, tenho saudades sempre que como o rabo da minha mulher, o rabo dele é bem mais gostoso sempre foi.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/podemos08



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente