Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Amigo do meu marido

Quando eu entrei no carro e bati a porta senti um arrepio na espinha... Eu já havia te olhado e desejado várias vezes, porém você nunca correspondeu, mas naquele dia tinha algo diferente, seus olhos, me miravam de uma forma mais intensa, pareciam me atravessar. Pensei estar louca, não podia ser real, afinal era amigo do meu marido... Voltei pra casa excitada, pensando no quão bom seria se toda minha imaginação se torna se real, pois a mistura do desejo com o proibido deixou tudo mais quente.

Aquela noite eu mal conseguia dormir, eu só conseguia imaginar aquele corpo junto do meu. No outro dia nos me contive, pois não consegui te tirar da cabeça, aquele tesao já estava tomando conta de mim.. Então dei o primeiro passo, confesso q tive medo que você me chamasse de louca, que não havia como acontecer, mas bebi um copo de coragem e fui, de cara percebi que de louca não tinha nada, você também me queria, disse q estava passando por perto, e que resolveu descer para falar comigo, fiquei surpresa, nervosa, com mais tesao ainda...

Então você chegou, com aquele olhar safado de sempre, entrou, quando fechei a porta me virei você me agarrou... Meu Deus que susto, as pernas ficaram bambas...

Me jogou contra a parede e me beijou, um beijo quente, cheio de tesão, enquanto tuas mãos percorriam meu corpo, apertou meus peitos e seguiu caminho enfiando a mão por dentro da minha calça, que delícia, eu estava possuída de prazer e espanto, você deu um suspiro gostoso, e me virou contra a parede, abriu a calça, tirou o pau pra fora, puxou minha calcinha pro lado e meteu bem devagar, enquanto ele entrava o espanto se juntava ao meu tesão e se espalhava por mim, eu não podia acreditar que aquilo estava acontecendo, e que era tão gostoso, eu já havia perdido o controle sobre meu corpo, estava tomada por tensão, e você continuou a meter mais forte, e a gemer no meu ouvindo, aquilo estava gostoso demais, eu não conseguia reagir eu só conseguia querer mais e mais,foi aí que me puxou e me jogou no sofá, pegou meus cabelos e disse para eu chupar bem gostoso, eu chupei com muito tesão, sentia aquele pau gostoso latejando na minha boca, mais vontade me dava de engoli-lo todinho, comecei a chupar mais forte, mais intenso, e quando te olhei aquele olhar safado cheio de tesão estava a minha espera, o que me deixou mais doidinho ainda, aumentei o ritmo e te fiz gozar gostoso na minha boca, lambi todinho, não deixei uma gota se quer ser desperdiçada.

Poucos minutos tão intensos, obviamente só podia deixar um gostinho de quero mais, quero muito mais.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente