Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Tudo se iniciou na consulta médica

Sou casado, 49 anos (Roberto) nunca tive envolvimento com homem. Lendo sempre os contos aqui no site safados.net me despertou a curiosidade do prazer pelo anus.

Fui fazer exames de rotina com uma urologista e fantasiei, ela me examinou tudo normal e na hora do toque retal senti algo diferente, gostoso na hora que ela me penetrou com o dedo, digo que gostei, uma mão suave apesar da luva mas delicada fez o toque tudo normal mandou me vestir, fiquei excitado mas me contive.

Sai do consultório no Flamengo e fui direto para a Cinelândia a onde tem os cinemas pornô, estava decidido em provar algo a mais, entrei senti no fundo e fiquei observando tudo ate que fui no banheiro par ver realmente como era, de cara tinha um rapaz afro (vou chamar de Miguel) de joelhos mamando um travesti (vou chamar de Fabíola) aquilo me deixou maluco o travesti viu meu desconforto e me chamou com o dedo, olhei para os lados pouca gente e cheguei perto, pegou minha mão e colocou no pau dele para eu segurar enquanto o Miguel mamava e me deu um beijo, aquele gosto de sexo na boca dela me deixou maluco, pediu para eu tirar mau pau pra fora e dar para Miguel mamar as duas, quando a Fabíola viu o tamanho da minha pica maior que o dela falou nossa pra que tudo isso, deixa pra mim e se abaixou , os dois começaram a me mamar, foi poucos segundos e gozei na cara dos dois, a Fabíola porque esta pressa, vc nunca tinha vindo aqui, falei não. Ela ficou em pé e pediu para eu mamar ela junto com o Miguel, fiquei meio com receio mas abaixei estava dominado pelo prazer, mamei, chupei nos beijamos, foi gostoso.

Fabiola deu a idéia de sair do cinema e ir para o AP na rua das marecas, pensei um pouco ela e Miguel falaram que não tinha problema era para ir e fazer só o que tem vontade eles já se conheciam estas coisas me acariciavam e me convenceram.

Fomos meio um longo do outro para não dar muita pinta, chegamos o porteiro nem se preocupou a Fabíola entrou na frente eu e Miguel depois, chegamos um AP bem pequeno mas arrumadinho todo igual casa de boneca mesmo, delicado.

No que entramos começou os amaços nos beijamos os três juntos de ficar meio tonto e quanto notei estava os três so de peças intimas a Fabíola com um fio dental maravilhoso todo atolado, o Miguel com uma calcinha de onçinha ele afro ficava um tesão, e fomos para o quarto, Fabíola e Miguel sentaram na cama e começaram a me mamar me alisar, Miguel veio por trás me abriu e começou a mamar meu cu que delicia aquilo fiquei gemendo me contorcendo tentando sair e ficar ao mesmo tempo e Fabíola não largava meu pau engoliu o que cabia na boca, Miguel enfiava a língua no meu cu e as vezes forçava o dedo pedindo sempre vc é cabaço, será que vai ser nosso troféu hoje eu falei sim sou virgem nisso a Fabíola me virou rapidamente e enfiou toda a língua no meu cu que foi uma delicia, falei calma vai devagar machuca nisso o Miguel estava mamando meu pau.

Fabíola pediu para eu fuder o Miguel de frango assado que ia ficar mamando meu cu delicioso queria que eu gozasse com a língua dela no meu anus, Miguel vibrou que delicia eu ser a primeira, amo vc fabi, ela colocou camisinha no meu pau toda carinhosa foi direcionando meu pau no cuzinho do Miguel e meio sem pratica forcei de vez ela para malvado, vai devagar quer arrombar a viada, não e assim tem que acostumar ainda mais com uma pica enorme como e a tua, e foi me controlando mas o tesão era muito que não estava me controlando ate que entrou tudo e começamos o Miguel urrava a quanto tempo não tinha uma pica deste tamanho no meu rabo fode mais, me arrebenta enfia tudo.

Nisso a Fabíola começou a se esfregar em mim, mamava meu cu que o tesão aumentava muito, sentia os peitões dela tocar nas costas, ela percorria todo meu corpo e sempre parava no meu cu com aquela língua deliciosa, falava não vai se assustar e tudo com carinho, fode mais este veado vai eu querendo gozar de novo estava louco que cu gostoso tem o Miguel, veado que sabe fazer mesmo, por isso que dizem que o homem sabe melhor dar o cu que a mulher, delicia e Fabíola por trás me beijava, esfregava e tudo certo ate que senti ela pincelar meu cuzinho com a pica dela fiquei meio cabreiro mas relaxei, nisso o Miguel me puxou e me tascou um beijo de calar minha boca enquanto isso a Fabíola forçou a pica dela que não é muito grande e a cabeça fina no meu cu que doeu mas o Miguel segurou com as pernas minha cintura e beijou mais para eu não gritar, ela forçou um pouco mais e parou, Roberto não se mexa acostuma com minha pica no teu cu, se mexe aos poucos como você gostar, fiquei parado, só sentia latejar o pau dela no meu cu, dor, tesão, prazer e meu pau parece que cresceu mais no cu do Miguel que ele falou nossa parece um cachorro esta engrossando, vc esta gostando de levar no rabo também Roberto.

Comecei a me mexer no cu do Miguel e ao mesmo tempo mexia o meu cu com a pica da Fabíola pela metade dentro de mim, voltou a imaginação com a urologista, e fui mexendo cada vez mais pra frente entrava no Miguel e pra trás entrava a pica da Fabíola no meu rabo foi num toque que senti o saco da Fabíola tocar na minha bunda estava toda a pica dela dentro do meu rabo, e foi um bom tempo ate que a Fabíola começou a gemer e falar vou gozar vc quer no cuzinho primeiro ou que na boca de vocês dois seus veados, respondi na hora no meu cu, vc ficou com meu cabaço eu fico com teu leite, nossa que delicia quando ela começou a gozar queimava, doía, ardia, meu cu pegava fogo ela socava com muita força eu gritava, gemia pedia fode mais fiquei possuído, e gozei junto, nisso sai de dentro do Miguel e cai em transe ai Miguel veio e começou a lamber meu rabo todo gozado a Fabíola não tinha usado camisinha ele pediu para eu ficar de cócoras na boca dele que queria beber o leitinho que ia sair do meu cu, lambeu muito.

Fabíola falou para o Miguel você não gozou ele vocês não deixaram, ela vc sabe a onde como vai gozar agora, ele será que Roberto vai gostar, olhei sem entender, Fabíola falou Roberto venha me foder agora me penetra que Miguel quer gozar em você, repetimos tudo mas agora eu sabia que ia ser enrabado sem surpresa, fomos de quatro eu enfiando na Fabíola que gemia muito igual uma cadela e Miguel veio por trás mamou meu rabo, lambeu meu pau que entrava e saia do cu da Fabíola e falou agora vc é meu Roberto, vou te fazer feliz, o pau dele era o menor dos três em tamanho mas era mais grosso que o da Fabíola, falei cuidado estou dolorido, ele depois de duas três trepadas vai acostumar e gostar, comigo foi assim antes eu só queria foder depois que provei no rabo não quero outra coisa.

Começou a forçar, cara doeu muito aquela tora negra entrando, ardia, doía mais que o da Fabíola, mas sabia que não teia outra opção, foi aos poucos falando veja que estou devagar para vc acostumar não como vc fez igual a um cavalo, e foi falando coisas gostosas e enfiando ate que senti tudo dentro comecei a me mexer ele nossa como acostumou logo e riu, foi muito bom, doía mas o prazer superava, não demorou muito ele vou gozar não mexe muito agora deixa que eu comando e forçou que vi estrelas aquela geba ficou pulsando parece que aumentava a grossura e soltou um grito , senti aquilo quente não igual da Fabíola porque ele estava de camisinha mas delicioso mesmo.

Relaxamos e recompomos isso já fazia umas 3 horas que estávamos nisso uma delicia ai Fabíola pediu se tinha gostado e queria algo mais.

Falei que sim tinha sido como imaginava mas queria diferente, Miguel levou um susto diferente como penetração dupla e riu.

Falei não quero que vcs me fodam, mas sem eu foder ninguém, quero sentir apenas prazer no cu como eu imaginei no consultório da urologista que tinha contado para eles.

Fabíola, isso vai ser gostoso de mais, e veio pro meu lado pedindo par ficar de frango assado levou minha mão ate a pica dela e falou guia ela no teu cuzinho, faz as honras agora, peguei dei uma pincelada ai Miguel veio lambeu meu cu e a pica da Fabíola para facilitar eu coloquei a cabeça da pica no teu cu e rebolei, Fabíola muito experiente foi bem delicadamente enfiando que quando senti estava tudo dentro e começou a mexer deliciosamente que não demorou muito me gozei em nossas barrigas ai Miguel veio e lambeu tudo, o tesão foi outro bem diferente de eu estar penetrando alguém mais gostoso eu acho.

Quando ela gozou sim foi o prazer completo pude me concentrar e curtir apenas a pica dela no meu cu jorrando leite, que delicia.

Ela nem bem tirou Miguel pediu para eu ficar de quatro e veio com aquela tora negra falou para aproveitar que vc esta alargado e dói menos enfiou aquela coisa que me cortou mas realmente a dor foi bem menos no inicio ele também sabe fazer muito gostoso, Fabíola veio por baixo e começou a mamar meu pau pedi agora não Fabi me beija somente quero sentir apenas prazer no anus ela veio me beijou muito e Miguel que tinha ficado se masturbando quando a Fabíola me fodia não demorou muito e gozou agora sim sem camisinha na hora doeu mais que a pica da Fabíola por ser mais grossa mas deliciosa também.

Foi uma experiência maravilhosa, voltei pra casa e minha mulher pediu porque esta andando assim estranho, falei foi por causa do exame muito desconfortável não sei como veado gosta de levar no rabo, se um dedo machuca imagina ser enrabado.

Hoje nos três se encontramos no Maximo cada 15 dias, já teve troca do Miguel por outro travesti bem fêmea também, mas isso conto depois.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/podemos08



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente