Já é assinante?
Esqueci a senha
 Contos Eróticos

Quer receber contos eróticos diariamente no seu email? É grátis!

Sexo Anonimo: Tudo aconteceu agora

Veio um office-boy entregar um documento da contabilidade, fui na sala do lado pegar o carimbo e esqueci de minimizar a pagina que estava lendo os contos do safados.net. Quando voltei o jovem (Alex) estava lendo e ficou sem graça falando ja escrevi muitos contos, vc ja deve ter lido.

Me assustei porque eu tenho 50a ele deve ter uns 20a, conversamos ele foi muito direto no assunto se eu ja tinha fantasiado muito os contos e ja tornado algum realidade. Falei que fantasiado sim mas realidade não, nisso ele ficava mexendo no pau ja com um grande volume. Falei espera ai, fui la fechei a porta, diminui as luzes e quando voltei ele ja estava com o pau de fora, muito lindo um pauzão reto todo depilado ele também peito raspado, não muito grosso aqueles que vc fica com agua na boca, o meu um pouco maior peludo.

Ele veio ao meu encontro e me deu um beijo que desabei, ele falava eu sou muito atrevido você pode notar.

Forçou minha cabeça para abocanhar aquela pica deliciosa não me fiz de rogante abocanhei fiquei acho que uns 5 a 10 minutos mamando ele pedindo para também quero, nisso eu também ja estava com as calças arriadas e com meu pau latejando, tem um sofá na lateral fomos pra la ele mamou muito gostoso, chupava meu pau melhor que minha mulher e enfiava a ponta do dedo no meu cu pedindo par eu enfiar no dele também, muito louco as coisas acontecendo.

Dei uma chupada no cu do Alex que ele subiu nas nuvens, perguntei você tem camisinha ele não e vc tem, também não, foi assim mesmo, dei umas pinceladas na porta do cuzinho dele bem rosadinho e forcei a cabeça, ele força que gosto de sentir dor, doeu foi no meu pau porque é cabeçudo ele gritava, gemia, se contorcia, eu segurava ele pelo pau masturbando junto e socava com força que tesão, não demorou muito e gozei de escorrer na porta do cuzinho dele e forcei para ele gozar na minha mão mas ele falou não, quero gozar igual a vc, vou gozar no teu rabo seu egoísta.

Tirei meu pau ainda pingando daquele cu de veludo e me sentei no sofa ele veio me beijar, massageando meu pau que ainda estava duro, deu uma esfregada no rabo gostoso dele e falou agora sou eu que vou fazer de vc minha mulherzinha.

fui ficando de 4 ele começou a lamber e linguar meu cu, que delicia, que pratica em dar tesão, lambuzou muito que sentia escorrer nas coxas a saliva dele e veio falando fica tranquilo que sou bem carinhoso, so gosto de sentir dor no meu cu no teu vai ser diferente.

e realmente foi, eu tinha dado meu rabo fazia mais de 20 anos, nunca mais, ele veio com muito carinho forçando cm por cm esperando eu ir acostumar, falava cada coisa no meu ouvido, me beijava e empurrava a pica no meu cu, demorou um bom tempo para eu sentir o saco tocar na minha bunda, eu não sabia se empurrava tudo de vez ou esperava, mas ele sabe foder, nossa vibrei fazia tempo que sonhava com isso, quantas vezes fui dormi com alguma coisa fina enfiado no meu rabo depois de ter fodido minha mulher, o tesão era muito mas o medo maior.

aquela fim de tarde foi coisa do outro mundo. Hoje ja se passaram uns 3 meses ja transamos umas 10 vezes eu acho sempre em motel aqui no escritório foi só duas vezes.

Não quero outro cara como parceiro, com o Alex e delicioso, tem o lado sádico dele e tem o lado carinhoso.

Depois conto como estamos fazendo com minha mulher que esta quase participando, ele ja cantou ela e esta dando certo.

Entre em contato com o autor: http://disponivel.com/podemos08



COMPARTILHE ESSA HISTÓRIA COM SEUS AMIGOS

Deixe seu comentário, o autor do conto será avisado!
Não é permitido informar telefone, email ou outras formas de contato. Apenas para fazer comentários sobre o conto!

Seu email (não será divulgado)


Seu comentário

Aceito receber contos eróticos no meu email gratuitamente